Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AGENDA CULTURAL

Fim de semana tem cinema, festival de música e solidariedade

As opções vão dos filmes do cineasta alemão Wim Wenders, ao encerramento do Festival Mba’e Porã, com shows musicais e arrecadação
14/08/2020 08:00 - Marcos Pierry


Os cinéfilos de carteirinha celebram hoje os 75 anos de nascimento do diretor alemão Wim Wenders, um dos grandes nomes do chamado cinema autoral, especialmente pelo que produziu nas décadas de setenta e oitenta.

“Alice nas Cidades” (1974), “Movimento em Falso” (1975), “No Decurso do Tempo” (1976), “Paris, Texas” (1984) e “Asas do Desejo” (1987) são grandes exemplos da sensibilidade do realizador, nascido em Düsseldorf poucos dias após o fim da Segunda Guerra Mundial e aclamado pelo forte traço de humanidade no modo de contar suas histórias, sempre pontuadas por personagens solitários em busca de redenção. Indivíduos que fogem como podem de barreiras tão em voga em tempos de pandemia, como o isolamento e a dificuldade de se comunicar com o outro.

“Prefiro sax e violinos do que sexo e violência”, disse Wenders uma vez – frase que tem mais graça em inglês (“sax and violins than sex and violence”) – como forma de ironizar a alta carga apelativa do cinema e da mídia em geral. A delicadeza do diretor ao criar suas imagens e sons pode ser conferida em 11 dos 30 filmes de longa-metragem que ele realizou.  

Na plataforma Belas Artes à La Carte, já estão disponíveis dois de oito títulos programados para estrear semanalmente e guiar a imersão do assinante do portal, até o início de outubro, na obra do alemão. “O Amigo Americano” (1977), baseado em Patricia Highsmith, e “Buena Vista Social Club” (1999), com a velha guarda da música cubana, já estão no ar. Assim como os supercultuados “Alice nas Cidades” e “Asas do Desejo” – esses dois com acesso 0800 pelo YouTube.  

No portal GloboPlay, é possível conferir “Os Belos Dias de Aranjuez” (2016), altamente contemplativo e com a volta do roqueiro Nick Cave ao cinema de Wenders. Para os fãs, de modo gratuito no YouTube, uma boa pedida é o documentário “Janela da Alma” (2001), de João Jardim e Walter Carvalho, que mostra, entre outros entrevistados, o depoimento do cineasta sobre como o fato de usar óculos alterou a sua vida.

 
 

CURTINDO E AJUDANDO

Também pela tela do YouTube, o Festival Mba’e Porã, que teve abertura no dia 7, realiza suas últimas transmissões de hoje a domingo. Um dos destaques é a dobradinha entre Zeca Baleiro e Jerry Espíndola no domingo, às 20h. O festival está em busca de doações para auxiliar os povos guarani-kaiowá, de Dourados, no enfrentamento da Covid-19.

 
 

Somente para convidados e mais 50 clientes premiados do Shopping Bosque dos Ipês, o comediante Diogo Portugal faz o seu stand-up drive-in “Risolados” nesta sexta, a partir das 18h, no estacionamento do Shopping, que marca as comemorações de sete anos de funcionamento com esse espetáculo. Endereço: Av. Cônsul Assaf Trad, 4.796.

No sábado, das 10h às 15h, a Liga do Bem se junta à Associação de Apoio à Criança com Câncer para realizar o Drive-Thru do Carreteiro do Bem, na sede da AACC-MS – Avenida Ernesto Geisel, 3.475. Os tickets custam R$ 30 e a renda será revertida para as ações de atendimento da entidade.

 
 

E na sessão de domingo do Autocine da UFMS, às 18h, será exibido o longa-metragem “31 Minutos”. Dirigido por Alvaro Diaz e Pedro Peirano, trata-se do primeiro longa de produção brasileira, embora rodado no Chile, somente com bonecos de fantoches. Na trama, com dublagem em português de Márcio Garcia, Daniel de Oliveira e Mariana Ximenes, Juanín é um bicho raro, produtor de um telejornal, que acaba caindo nas mãos Cachirula, uma colecionadora de animais em extinção.

O local tem capacidade para 70 carros, com lotação máxima de cinco pessoas por veículo, posicionados a dois metros de distância um do outro. Os ingressos poderão ser retirados, gratuitamente, somente hoje, de 8h às 13h30min, na Praça dos Imigrantes (esquina da Rua Rui Barbosa com a Joaquim Murtinho). Mais informações: (67) 4042-1313, ramal 4307. A sessão é uma iniciativa conjunta da Prefeitura Municipal de Campo Grande, Sesc Mato Grosso do Sul, UFMS e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

 

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.