Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TELEVISÃO

Garoto do bem: Matheus Abreu

O ator valoriza jornada de herói adolescente do esforçado Tato de “Malhação – Viva a Diferença”
19/05/2020 04:00 - Márcio Maio/TV Press


 

Em sua essência, “Malhação” é um programa focado nos adolescentes. Porém, alguns temas abordados na história parecem coisas de adulto. Na temporada “Viva a Diferença”, em reprise atualmente na Globo, Tato e Keyla, papéis de Matheus Abreu e Gabriela Medvedovski, formaram um dos casais que mais tiveram torcida do público. O carinho pela dupla começou, na verdade, quando o rapaz propôs assumir o filho dela, mesmo não sendo o pai da criança. “A compaixão do Tato tocava muito o público, criou-se uma relação muito próxima dos espectadores comigo. Me paravam para comentar os acontecimentos da semana, para contar histórias parecidas”, lembra Matheus, hoje com 23 anos.  

A repercussão foi tamanha que o ator assume: “Malhação” mudou sua vida. Primeiro, pelas pessoas que conheceu e as amizades que conquistou ali. Mas também por tudo que aprendeu durante as gravações, que se encerraram em fevereiro de 2018. “Eu já tinha feito trabalhos no cinema e na Globo mesmo, mas a ‘pegada’ de ‘Malhação’ é diferente. É desafiadora, mas igualmente recompensadora. Levo lindas lembranças do trabalho, todas carregadas de saudosismo”, entrega ele, cujo primeiro trabalho na tevê foi como os irmãos Yaqub e Omar na minissérie “Dois Irmãos”, exibida em 2017 pela Globo.

Na época, Keyla e Tato eram constantemente citados nas redes sociais – principalmente no Twitter. Nesta reexibição, não tem sido diferente. Algo que Matheus já imaginava que pudesse ocorrer. “Muitas pessoas que não conheceram a história na época podem ver agora e torcer por eles e pelo bebê”, diz ele, que ficou empolgado assim que soube que a emissora reprisaria a temporada. “Foi um trabalho muito especial e poder assistir novamente e relembrar as histórias é reviver um pouquinho tudo o que passamos durante as gravações. Nesse momento de quarentena, é uma belíssima pedida”, analisa.

Para Matheus, Tato é um exemplo a ser seguido pelos jovens telespectadores. Afinal, apesar de tantos perrengues, o menino se vira como dá e leva a vida da maneira mais positiva possível. Talvez por isso não tenha hesitado na hora de se oferecer para registrar o filho da amiga. “Quando viu Keyla na situação de mãe solteira, Tato percebeu a oportunidade de ajudá-la e também uma forma de declarar seu amor por ela, de se aproximarem”, recorda.

Outro fator que contribuiu para o crescimento do personagem no seriado foi ter abordado um tema tão recorrente para vários adolescentes. A gravidez não planejada, na verdade, é algo que pode trazer desafios para qualquer casal. “Na adolescência isso se intensifica. Mas o senso de responsabilidade e o amor que o Tato nutre pelo Tonico só alimentam a persistência dele”, defende Matheus.

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.