Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CULTURA

Inspirada em obra famosa, peça de teatro “Perfume de Mulher” será apresentada neste fim de semana

Peça apresenta ao público história de amor no dia 14 de março
11/03/2020 07:00 - Naiane Mesquita


Al Pacino recebeu o Oscar de melhor ator pelo trabalho em “Perfume de Mulher”, lançado em 1992. O clássico filme norte-americano é um remake do longa italiano “Profumo di Donna”, de 1974. Ambas as histórias são inspiradas no romance pós-guerra “Il buio e il miele”, do escritor italiano Giovanni Arpino, lançado em 1969.  

A trajetória de um militar cego que busca viver os últimos dias realizando seus desejos é a fonte de inspiração para essas e tantas outras adaptações, como a peça de teatro “Perfume de Mulher”, que será apresentada neste fim de semana em Campo Grande.  

A sinopse do espetáculo retorna à Itália, aproximando-se do texto original, em que o tenente-coronel Fausto, desgostoso de sua vida desde que ficou cego, decide se preparar para morrer. Com viagem marcada para passar um fim de semana em outra cidade, a tia de Fausto resolve colocar um anúncio no jornal para contratar alguém que tome conta do sobrinho durante sua ausência. O jovem Ciccio é o único candidato que aparece para a vaga. Depois de um estranhamento inicial, o militar tenta expulsar o menino. Ciccio, porém, decide ficar.  

A partir de então, ele descobre os planos de Fausto para os próximos dias: viajar para Gênova, Roma e Nápoles. Seu desejo é o de vivenciar momentos inesquecíveis, uma grande celebração antes de pôr fim à sua vida. No roteiro, viagem de trem, hospedagem em um hotel luxuoso, passeio de Ferrari, uma noite com uma prostituta, sempre degustando as melhores bebidas. Dias e noites de intenso prazer antes do seu “grand finale”.  

Fausto, no entanto, não esperava reencontrar Sara, um amor do passado, de quem covardemente desistiu depois do acidente que lhe tirou a visão.  

A trama aborda a relação entre o oficial do exército, o jovem que é contratado para acompanhá-lo em uma viagem e Sara, uma linda mulher que o protagonista ama profundamente.

Em Campo Grande, os atores Silvio Guindane, Natalia Lage, Eduardo Melo e Saulo Rodrigues serão os responsáveis por dar vida à história de amor, morte e consequências da guerra.  

Serviço – A peça será apresentada no dia 14 de março, às 21 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, antigo Palácio Popular da Cultura. O preço dos ingressos é de R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia-entrada) para o Setor B; R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia-entrada) para os setores A, C e E. No setor D, o valor é de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada).

Assinantes do Correio do Estado têm 50% de desconto na compra de até dois ingressos. Informações pelos telefones (67) 99296-6565 e (67) 3326-0105, além do site pedrosilvapromocoes.com.br.  

 
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.