Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ENTREVISTA

João Baldasserini, o Beto de “Haja Coração”, mostra que tem comédia na veia

Com a pausa de “Salve-se Quem Puder”, o ator se diverte com as trapalhadas de seu personagem na reprise do folhetim
13/11/2020 16:22 - Caroline Borges/TV Press


A trama de “Haja Coração” foi um trabalho de descobertas para João Baldasserini. A novela assinada por Daniel Ortiz, que voltou ao ar em edição especial, mostrou um novo caminho profissional para o ator. Na pele do “bon vivant” e atrapalhado Beto, João entrou em contato com seu lado cômico. O desempenho do ator no vídeo agradou tanto que, nos últimos anos, ele vem colecionando projetos em que está inserido no núcleo cômico dos folhetins da Globo. “Foi a descoberta de uma nova linguagem de interpretar. Comecei a achar graça de mim mesmo, passei a rir das coisas que eu falava. Depois de ‘Haja Coração’, eu acho que virei comediante. Quero fazer um vilão de novela das oito. Acho que eu e o Pasquim (Marcos) estamos competindo para ver quem mais faz novela das sete (risos)”, afirma.

João chamou a atenção de Ortiz ainda na minissérie “Felizes Para Sempre?”, dirigida por Fernando Meirelles. Após o projeto, o ator recebeu seu primeiro convite para viver um antagonista. Ao se deparar com papel de destaque nas novelas, João contou bastante com a ajuda da equipe e dos colegas de elenco para se encaixar no ritmo intenso de gravações. “Fiquei assustado. Não tinha noção de como era trabalhar com um volume de cenas tão intenso. No começo, estava meio perdido e, ao longo dos capítulos, fui encontrando mais o personagem. A Mari me ajudou muito. Quando a novela estreou, éramos uma família unida”, relembra.

Na história baseada na trama de “Sassaricando”, Beto é um publicitário que se apaixona por Tancinha, papel de Mariana Ximenes. O rapaz balança o namoro da jovem com Apolo, de Malvino Salvador. Para conquistar o coração da feirante, Beto recorre a atitudes pouco morais e ainda conta com o auxílio da ambiciosa Carmela, interpretada por Chandelly Braz. Porém, ao longo da história, João foi identificando uma transformação no arco do personagem. “O Beto começou como um vilão arrogante, machista e prepotente. Era um bobalhão. E, conforme ele vai conhecendo a Tancinha, ele vai se permitindo ser uma nova pessoa. No fundo, pelo fato dele ter conhecido o amor, ele consegue se tornar uma pessoa melhor. No mundo de hoje, precisamos de pessoas que tenham capacidade de reconhecer os seus erros. O Beto passou por isso. Acho que é uma história de inspiração para os tempos atuais”, defende.

Empolgado com a reprise da produção das sete, João acompanha atentamente a edição especial. Tudo porque a novela poderá ganhar um final alternativo. Na época da exibição original, a equipe do diretor Fred Mayrink gravou dois desfechos para Tancinha, que terminou o folhetim ao lado de Apolo. Agora, porém, João tem esperanças de que Beto encerre a trama ao lado da protagonista. “Como estratégia para chamar a atenção, essa ideia é muito boa. Na época do último capítulo, a gente também não sabia com quem a Tancinha terminaria. Só soubemos quando foi ao ar. Tomara que tenha uma mudança. Seria algo muito legal dentro da tevê”, valoriza.

Sem interferências

A trama de “Haja Coração” é baseada na obra de “Sassaricando”, de Silvio de Abreu. Ao saber que interpretaria um papel que foi originalmente vivido por Marcos Frota, João optou por não buscar referências na versão original do enredo. “Eu cheguei a ver uma cena na internet, mas fiquei preocupado. Então, deixei de lado e fui me basear no texto mesmo. O roteiro já me dava muito material para compor o Beto”, explica.

Começando seu trabalho de composição do zero, João passou por um intenso período de preparação nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, ao lado do elenco. Durante o “workshop”, o ator foi compreendendo seu trabalho a partir da interação com os colegas de cena. “A gente praticava um método que era baseado na técnica de repetição. A ideia era descobrir a graça em si mesmo. Precisei estudar o tempo da cena e o humor da novela. O Gabriel Godoy, que também está no elenco da novela, me ajudou muito. Ele sabe fazer humor muito bem”, valoriza. 

Instantâneas

# No elenco de “Salve-se Quem Puder”, João já voltou aos estúdios da novela após a paralisação em virtude da pandemia do novo coronavírus. 

# João estreou na tevê em “Tempos Modernos”, de 2010.

# Antes da estreia de “Haja Coração”, João estava bastante inseguro com seu trabalho. “Eu e a Mari nos perguntávamos o que estávamos fazendo ali e no que a gente foi se meter (risos)”, lembra.

# João se casou em 17 de agosto de 2019 com Erica Lopes em Indaiatuba, interior de São Paulo. Eles são pais do pequeno Heleno, que completou um ano em novembro.

 

Felpuda


Tropas de choque ligadas a alguns vereadores estão agitadas que só nas redes sociais na tentativa de desbancar a concorrência das “chefias” que querem porque querem. Querem a cadeira maior da Câmara Municipal de Campo Grande. A da presidência.

Segundo políticos mais antenados, trata-se do “segundo turno” das eleições do dia 15 de novembro, só que com apenas 29 eleitores.