Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CULTURA

Mostra de Cinema Brasileiro Contemporâneo será realizado amanhã em formato digital

O filme escolhido foi "Sol Alegria" e será debatido com a presença dos diretores do filme
27/10/2020 09:14 - Gabrielle Tavares


Museu da Imagem e Som (MIS) e a Faculdade de Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) vão promover a segunda edição da Mostra de Cinema Brasileiro Contemporâneo Online. 

Um link será disponibilizado durante 24h com o filme “Sol Alegria”, e às 19 horas de amanhã (28), uma sala on-line será criada para debater a história com os atores e diretores do longa-metragem.

Com direção de Mariah Teixeira e Tavinho Teixeira, o filme foi lançado em 2018. Sol Alegria fala de uma sociedade governada por pastores corruptos que contam os dias para o apocalipse.  

Armados, uma família anarquista coloca o pé na estrada com a missão de matar um candidato a presidente da república e acabam parando num convento onde as freiras os aguardavam. Lá, eles se preparam para voltar a estrada rumo a aldeia Só Alegria, que é seu destino.

Com humor, o filme dialoga com o cenário contemporâneo do país e faz questionamentos à liberdade e às diferenças.

O professor Vitor Zan, do curso de audiovisual da UFMS, explica que o filme foi escolhido por pertencer a uma seleção de produções que tiveram repercussão em festivais e que têm propostas estéticas inventivas, mas não chegam ao Estado embora representem a cultura fílmica do país.  

“É uma espécie de road movie tropicalista, conjugando ficção científica com uma estética mais exagerada, artificial e performática. Um filme libertador como poucos”, complementa o professor de audiovisual da UFMS, Júlio Bezerra, que também coordena o projeto.

 
 

Felpuda


Outrora bons de votos – faziam adversários temerem o confronto nas urnas –, agora, por mais que tentem, alguns políticos não conseguem, nem de longe, alcançar patamar de outros tempos e voltar ao que eram. 

O pior é que, a cada disputa, a preferência popular só vem diminuindo. Neste ano, a eleição municipal demonstrou que muitos já estão com prazo de validade vencido e rótulo gasto.

E faz tempo, hein?!