Correio B

Celebração Cultural

Nações Amigas: Festa reúne colônias tradicionais e é opção de lazer em Campo Grande

Serão três dias com diversidade cultural das colônias mais tradicionais do estado que estão em busca de viabilizar o Museu do Imigrante

Continue lendo...

A Primeira Festa Inclusiva das Nações Amigas, inicia nesta quinta-feira (16), serão três dias de festa em alusão as colônias que ajudaram no desenvolvimento e crescimento do Mato Grosso do Sul. 

O evento reúne as colônias paraguaia, italiana, libanesa, boliviana, portuguesa e japonesa. Em sua primeira verão, a Festa das Nações Amigas, poderá ser aproveitada pelo campo-grandense nos dias 16,17 e 18 de maio.

O evento, que reuniu as colonias tracionais no estado sul-mato-grossense, irá apresentar a cultura de diversidades por meio de comidas típicas, danças tradicionais e elementos distintos de cada nação.

Para o Correio do Estado, o presidente da Colônia Libanesa em Mato Grosso do Sul, Munir Sayegh, explicou que a Associação Cultural das Nações Amigas, é composta por sete entidades que formaram as nações amigas com intuito de criar o Museu do Imigrante para contar o papel deles no crescimento do estado.

"O objetivo da associação é criar um museu da imigração e um pórtico que representa a imigração dessas coletividades que muito contribuíram para o desenvolvimento do estado de Mato Grosso do Sul", destacou Munir.

Celebração cultural

Serão 17 barracas, cada uma representando um país e oferecendo um quitute com sabores diversos de sua cultura. Uma verdadeira experiência gastronômica e oportunidade para aproveitar com toda a família. 

A venda realizada durante o evento será revertida para a Associação das Nações Amigas e a outra parte será doada para instituições como a  Associação De Pais E Amigos Dos Excepcionais (APAE) e Associação de Pais e Amigos do Autista de Campo Grande/MS (AMA-MS) e a Pestalozzi. 

O evento ocorre no Comper Itanhangá, com início hoje (16) a partir das 17h às 22h, quem não puder ir ainda pode conferir no dia 17 e 18 de maio. 

“Transformar faz parte do propósito do Grupo Pereira e fazer o bem é o que nos inspira na realização das nossas atividades. Em todas as ações sociais que promovemos, a gente coloca isso em destaque, ajudar as causas sociais e ser uma ponte entre as instituições e a sociedade”, afirma a Gerente Nacional de Relacionamento, Fernanda Bardauil.  

Como a festa envolve colônias que tocam e encantam, a música não vai faltar, a experiência gastronômica será apreciada ao som de apresentações musicais, danças típicas e outras atrações. 

 

Serviço 

Primeira Festa Inclusiva das Nações Amigas

Data: 16, 17 e 18 de maio, das 17h às 22h 

Local: Estacionamento do Comper Itanhangá – Avenida Ricardo Brandão, 6560

 

Assine o Correio do Estado

Correio B+

Lançamento B+: Serra da Bodoquena é cenário de sobrevivência Extrema

No quinto episódio do docu-reality coproduzido pela Mixer Films, os sobrevivencialistas revivem caso real em que caçadores se perderam na região, localizada no Mato Grosso do Sul

26/05/2024 17h00

Serra da Bodoquena é cenário de sobrevivência Extrema

Serra da Bodoquena é cenário de sobrevivência Extrema Foto: Divulgação

Continue Lendo...

Em “SOBRÊVIVENCIA EXTREMA”, novo docu-reality exibido pelo canal Discovery e disponível na plataforma de streaming Max, a fisioterapeuta Taís Teixeira (Ex-Largados E Pelados) e o sobrevivencialista Luciano Tigre (Ex-Desafio Em Dose Dupla Brasil) reproduzem os desafios vivenciados por pessoas reais que lutaram por suas vidas depois de incidentes inesperados em lugares inóspitos do Brasil.

No quinto episódio da série, que vai ao ar nesta terça-feira, dia 28 de maio, a dupla tem 72 horas para reproduzir as dificuldades de três caçadores que se perderam na Serra da Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, em 2015.

Os especialistas em sobrevivência contam apenas os recursos que estavam acessíveis para os personagens reais à época. Conhecido por suas cachoeiras e rios cristalinos, com fauna e flora exuberantes, o Parque Nacional da Serra da Bodoquena é uma área de conservação localizada na borda sudoeste do Complexo do Pantanal e a 70 KM do município de Bonito, no Mato Grosso do Sul.

Neste local, os caçadores enfrentaram grandes adversidades enquanto aguardavam resgate. Em SOBREVIVÊNCIA EXTREMA, o público também vai conferir depoimentos de sobreviventes, socorristas e testemunhas dos fatos, com imagens e vídeos das situações reais.

Foto: Divulgação

Há casos em diversas regiões do Brasil, como Roraima, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará e Amazonas. Com direção geral de Rodrigo Astiz, direção de Gabriel Hein, produção executiva de Ana Maria Vilches e Adriana Marques, supervisão de produção Adriana Cechetti e Luciana Soligo, a série é uma coprodução da Mixer Films com a WBD. SERVIÇO SOBREVIVÊNCIA EXTREMA EP05: terça-feira, 28 de maio, às 20h30, na Max e no Discovery Classificação indicativa: A14 

Correio B+

Astrologia B+: A energia do Tarô da semana entre 27 de maio e 2 de junho

A carta do Eremita tende a trazer mais sabedoria, introspecção e autoconhecimento. Saiba as influências deste arcano na sua semana.

26/05/2024 14h00

A carta do Eremita tende a trazer mais sabedoria, introspecção e autoconhecimento. Saiba as influências deste arcano na sua semana.

A carta do Eremita tende a trazer mais sabedoria, introspecção e autoconhecimento. Saiba as influências deste arcano na sua semana. Foto: Divulgação

Continue Lendo...

No universo simbólico do Tarô, a figura do Eremita representa a busca interior pela verdade, sabedoria e iluminação. Esta carta nos convida a entrar numa fase de introspecção e isolamento voluntário, visando ter uma compreensão mais profunda de nós mesmos e do mundo ao nosso redor.

“O que eu quero? Sossego!” O refrão da música “Sossego” do Tim Maia traduz bem a energia da semana.
O Eremita é representado nas cartas do Tarô como um homem idoso, vestindo um manto longo e segurando uma lanterna, simbolizando a luz da sabedoria.

Ele é frequentemente retratado em estado de meditação solitária no topo de uma montanha, indicando a busca espiritual e a jornada interior. Este arcano nos lembra da importância de nos afastarmos do mundo exterior para nos conectarmos com nossa própria luz interna.

Quando o Eremita surge como carta-regente da semana, ele nos pede para que reservemos um tempo para a reflexão, a contemplação e a busca de um maior entendimento da nossa situação atual.

Esta carta sugere que momentos de introspecção são necessários para nos voltarmos para dentro de nós mesmos a fim de obtermos as respostas que precisamos. É um período ideal para a análise pessoal, a revisão de metas e a avaliação do caminho que estamos trilhando.

Apesar de, muitas vezes, enxergarmos a solidão como algo negativo, o Eremita nos lembra que o isolamento ou uma “pausa” na vida cotidiana pode ser uma ferramenta poderosa para o crescimento e a evolução pessoal. Na solidão, encontramos a oportunidade de nos reconectarmos com nosso eu interior, de ouvir nossa voz mais profunda e de nos alinharmos com nossos verdadeiros propósitos e valores.
 

Carta do Eremita - Divulgação

Ao abraçar a energia do Eremita durante a semana, somos encorajados a buscar a verdade em todas as áreas de nossas vidas. Esta carta nos desafia a questionar nossas crenças, a explorar os mistérios do universo e a buscar a iluminação espiritual. É um convite para caminhar com coragem na escuridão, confiando que a luz da sabedoria nos guiará pelo caminho.

Neste processo de introspecção fica difícil dividir espaços com outros membros da família com todo o barulho e distração.

De fato, um ambiente agitado pode ser desafiador para você conseguir desligar a mente. Para se “refugiar” no seu mundo privado, tente técnicas que ajudam a silenciar o barulho, tanto externo quanto interno, como por exemplo: escutar música, meditar um pouco, ler um livro, andar ao ar livre e estar em contato com a natureza.

O autoconhecimento é favorecido quando estamos sob o efeito energia do Eremita. Ele nos convida a mergulhar nas profundezas de nossa alma, a abraçar a solidão como uma oportunidade de crescimento e a buscar a verdade e a iluminação em nossas vidas.

O Eremita geralmente surge quando você está em um ponto crucial da sua vida e avaliando uma nova direção. Como resultado, pode ser até que algumas prioridades acabem mudando.

Sendo a carta de número 9 dos Arcanos Maiores, ele representa a sabedoria e a iluminação sendo frequentemente chamado de “número do sábio”.

Que a influência do Eremita durante a semana nos inspire a buscar a sabedoria interior, a encontrar o equilíbrio entre a luz e a escuridão e a trilhar nosso caminho com coragem e determinação em direção à nossa verdadeira essência. “Às vezes, a solidão é o nosso melhor conselheiro que podemos ter”.

Uma ótima semana e muita luz,

Cris Paixão

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).