Correio B
ENTREVISTA

À frente do “Cozinhe Se Puder – Mestres da Sabotagem”, Otaviano Costa retorna à tevê aberta após três anos

O programa vai ao ar aos sábados no SBT e às sextas no Discovery Home & Health

Caroline Borges/TV Press

17/05/2022 20:06

Otaviano Costa sempre quis potencializar o alcance de sua voz. Há mais de 30 anos no vídeo, o ator e apresentador passeou pelos mais diversos formatos dentro da tevê. 

Com o crescimento exponencial da internet, ele mirou na “web” como um outro canal para se comunicar com o público. 

Após três anos longe da tevê aberta, Otaviano Costa volta ao ar à frente do “Cozinhe Se Puder - Mestres da Sabotagem”, do SBT, onde pretende equilibrar a bem-sucedida empreitada nas redes sociais com a televisão. 

“Nesses três anos, eu consolidei os meus negócios com a internet. Eu precisava estar 100% voltado para isso dar certo. Com isso potencializado, eu sabia que podia voltar para a tevê aberta. Afinal, tudo está pronto. Agora, porém, eu volto para a tevê com uma nova configuração de ecossistema. Uma nova realidade”, explica.

Com 13 episódios, o “Cozinhe Se Puder – Mestres da Sabotagem”, que vai ao ar sempre aos sábados no SBT e às sextas no Discovery Home & Health, traz uma batalha de receitas com jogo de cintura, onde saber cozinhar é tão importante quanto a capacidade de sabotar os adversários. 

A cada episódio, quatro “chefs” buscam um prêmio em dinheiro que pode chegar a até R$ 25 mil. Mas o caminho para a vitória exige bons pratos e desenvoltura para contornar as maiores sabotagens dentro da cozinha, como perder ingredientes, ficar sem fogo ou ser obrigado a usar os piores utensílios culinários. 

“Foi um local novo para mim. Pude observar como os ‘chefs’ trabalhavam. Aprendi muito sobre cultura gastronômica. Fui entendendo meu espaço aos poucos. É um jogo de sutilezas. Não podia ser inconveniente durante as provas. Não podia atrapalhar porque as sabotagens já são desafiadoras por si só”, ressalta.