Correio B

revista

'Playboy' do Brasil será relançada por nova editora em março de 2016

Playboy Enterprises assinou um novo contrato de licenciamento para "relançar" a revista no Brasil

FOLHAPRESS

07/12/2015 - 15h30
Continue lendo...

A Playboy Enterprises, que publica a "Playboy" americana e detém os direitos sobre a marca, anunciou às 12h desta segunda (7) que assinou um novo contrato de licenciamento para "relançar" a revista no Brasil, nas versões impressa e digital.

O contrato é com a PBB (de Playboy Brazil) Entertainment, empresa recém-formada por três sócios brasileiros: o fotógrafo de moda André Sanseverino, que fez trabalhos para a "Playboy" -como a capa com Ana Paula Maciel, em abril de 2014-, Edson Oliveira e o empresário Marcos de Abreu, dono da empresa de recursos humanos Employer.

Sanseverino, que será o vice-presidente e publisher da PBB, diz que a publicação mensal será retomada em março de 2016. "A nova 'Playboy' vai manter a nudez", diz o fotógrafo, questionado sobre a decisão da edição americana de suspender os ensaios de mulheres nuas. "Até pela sensualidade latina, a nudez tem tudo a ver com a gente."

"A 'Playboy' tem uma longa história no Brasil, e nós estamos animados com o fato de a PBB Entertainment nos ajudar a dar sequência a essa tradição," declarou Mike Violano, vice-presidente sênior da Playboy Enterprises, segundo a nota distribuída por sua assessoria.

"Esperamos estabelecer uma parceria de muito sucesso com a nova editora, já que o nosso público continua a crescer tanto no impresso quanto no digital."

A Editora Abril anunciou em 19 de novembro que a última edição publicada por ela seria em dezembro deste ano -estampada na capa, a "paparazzo misteriosa" (fotos acima).

NEGOCIAÇÕES E ESTRUTURA

Marcos de Abreu "é o investidor" no grupo de três sócios, segundo Sanseverino, que descreve a Employer como "a maior empresa de recursos humanos no Brasil", sediada em São Paulo, gerenciando também a carreira de jogadores de futebol como Abner, "uma das maiores promessas do futebol brasileiro, que está no Real Madrid".
O fotógrafo diz que contou com apoio da Abril para os contatos com a Playboy Enterprises, iniciados há cinco meses. Segundo ele, a sede da nova "Playboy" será em São Paulo, na rua Padre João Manuel, nos Jardins, onde fica a sede da Employer, e deve "absorver parte" da Redação atual.
"Na nova 'Playboy', a revista é só uma parte", diz. "Teremos um grande portal, queremos interagir com os leitores, realizaremos eventos, queremos resgatar as grandes estrelas." O projeto inclui a gestão de carreiras de celebridades.
Na nota conjunta da Playboy Enterprises, Sanseverino acrescenta ainda que "a revista continuará oferecendo ensaios fotográficos de alta qualidade, além do conteúdo relevante e provocativo que os leitores conhecem e amam".

FIM DE UMA ERA

A Editora Abril anunciou em novembro que deixaria de publicar as revistas "Playboy", "Men's Health" e "Women's Health".
Um dos principais motivos para a Editora Abril optar por deixar de publicar a revista foi o pagamento de royalties pelo uso da marca à empresa americana. A mesma questão se impôs nos casos da "Men's Health" e da "Women's Health".

SEM NUS NOS EUA

A "Playboy" americana vai deixar de publicar fotos de mulheres nuas em suas páginas a partir de março.
De acordo com o "New York Times", os executivos da revista admitem que ela foi deixada para trás pelas mudanças que ajudou a liderar. "Aquela batalha foi travada e vencida", diz Scott Flanders, o presidente-executivo da companhia. "Agora, as pessoas estão a um clique de qualquer ato sexual concebível, e de graça. Ou seja, a coisa se tornou obsoleta, a esta altura".
Para uma geração de homens dos Estados Unidos, ler "Playboy" era um rito cultural, um prazer ilícito consumado à luz de lanternas. Agora, todo adolescente tem um celular dotado de conexão à internet. Revistas pornográficas, mesmo as estabelecidas como "Playboy", perderam seu valor de choque, seu valor comercial e sua relevância cultural.

Saúde

Marrone perde parte da visão após cirurgia de emergência para tratar glaucoma

Devido à natureza silenciosa, o glaucoma muitas vezes progride sem sintomas visíveis, como coceira ou vermelhidão nos olhos

19/06/2024 22h00

Marrone durante show

Marrone durante show Reprodução

Continue Lendo...

O cantor Marrone, da dupla Bruno & Marrone, passou por uma cirurgia de emergência para tratar um glaucoma em estágio avançado. Dois dias após a operação, ele se recupera e enfrenta as consequências da doença que afetou sua visão periférica.

Marrone foi diagnosticado com glaucoma avançado em ambos os olhos, necessitando de uma intervenção cirúrgica imediata. Francisco Eduardo Lima, um dos médicos responsáveis pelo tratamento, revelou que o cantor perdeu parte do campo visual periférico. Apesar dessa perda, Lima assegurou que Marrone poderá continuar sua carreira normalmente, desde que siga o tratamento adequado.

"Houve uma certa perda de campo visual, mas é compatível com ele levar uma vida normal, fazendo sua profissão e seus shows, desde que não haja progressão desta doença," afirmou Francisco Eduardo Lima em entrevista à TV Anhanguera, em Goiás.

Natureza Silenciosa do Glaucoma

Outro especialista envolvido no caso, José Beniz Neto, destacou a natureza silenciosa do glaucoma, que muitas vezes progride sem sintomas visíveis, como coceira ou vermelhidão nos olhos.

"É uma doença sorrateira e assintomática que, ao longo dos anos, rouba a visão sem que a pessoa perceba. Esse é o glaucoma mais perigoso, pois ele progride silenciosamente e, uma vez que a visão é perdida, não pode ser recuperada," explicou José Beniz Neto.

Em um comunicado nas redes sociais, Marrone anunciou que se afastará dos compromissos profissionais por duas semanas para se recuperar. No entanto, garantiu que nenhum show será cancelado, com Bruno cumprindo a agenda da dupla durante sua ausência.

*Com informações de Folhapress

Assine o Correio do Estado

Diversão

Parque dos Dinossauros chega ao Shopping Campo Grande neste final de semana

Apesar de ter como foco as crianças, toda a família pode entrar na brincadeira

19/06/2024 18h30

Estrutura do Parque dos Dinossauros no Shopping Campo Grande

Estrutura do Parque dos Dinossauros no Shopping Campo Grande Divulgação

Continue Lendo...

O Shopping Campo Grande lança uma nova atração que promete aventura e diversão para toda a família: o Parque dos Dinossauros. Com inauguração marcada para este fim de semana, o parque oferece um circuito repleto de desafios na praça central, ideal para crianças e adultos.

O Parque dos Dinossauros é uma modalidade desportiva ecológica, composta por cabos de aço suspensos em árvores e postes, divididos em cinco travessias que interligam diferentes plataformas. As atividades disponíveis incluem arvorismo, Eurobungy, escalada, tirolesa e oficinas criativas, promovendo o desenvolvimento cognitivo e a coordenação motora.

"A nova atração oferece uma oportunidade única para crianças, adolescentes e adultos interagirem e se divertirem juntos, especialmente com a proximidade das férias escolares," afirma Gabriella Alves, gerente de Marketing do Shopping Campo Grande. "É uma opção de entretenimento que contempla toda a família, proporcionando momentos de lazer e exercício."

Atividades

O parque é democrático, permitindo que pessoas de todas as idades se divirtam e se exercitem com segurança. Entre as atividades, destacam-se:

  • Arvorismo Indoor: Para crianças a partir dos 3 anos até adultos com peso até 100 kg. Crianças menores de 14 anos devem estar acompanhadas pelos pais ou responsáveis.
  • Eurobungy: A partir dos 2 anos até adultos com peso até 100 kg. Crianças menores de 14 anos devem estar acompanhadas pelos pais ou responsáveis.
  • Combo Adventure: Inclui cinco pontes e tirolesa, por R$ 50.
  • Combo Radical: Inclui cinco pontes, tirolesa e escalada, por R$ 65.
  • Combo Extreme: Inclui cinco pontes, tirolesa, escalada e Eurobungy, por R$ 90.
  • Dino Oficina: Para crianças a partir dos 2 anos. Custa R$ 30 por 20 minutos, com acréscimo de R$ 1 por minuto excedente. Crianças menores de 4 anos devem estar acompanhadas pelos pais em qualquer atividade.

Horários de Funcionamento

Segunda a sábado: das 10h às 22h.

Domingos e feriados: das 12h às 20h.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).