Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROGRAMAÇÃO

Programas em destaques da semana

Confira o que acontece na tv entre os dias 5 a 11 de abril
04/04/2020 05:00 - Caroline Borges/TV Press


Dinastia do rei

(Canal Viva, dom, dia 5, às 11h30)

Os especiais de fim de ano de Roberto Carlos são quase uma tradição natalina. Em homenagem ao mês de aniversário do Rei, o canal Viva vai exibir os especiais de 2009 a 2012. Os shows contam com uma plateia estrelada do elenco da Globo e também participações especiais de músicos brasileiros.

Amizade e ondas

(Canal OFF, seg, dia 6, às 20h30)

Lucas Chumbo e Carlos Burle contam sobre suas experiências no Waimea e o quanto o lugar foi de grande importância para a carreira de ambos. Em “Burle, Me Treina!”, Chumbo recebe seu primeiro convite para o Eddie Aikau Big Wave Invitational. Surfista profissional, Chumbo foi o primeiro eliminado da atual temporada do “Big Brother Brasil”, comandada por Tiago Leifert.

Café quentinho

(GNT, seg, dia 6, às 20h30)

Na nova temporada de “Tempero de Família – Café da Manhã”, Rodrigo Hilbert mostra que pode ir além dos cardápios tradicionais. No novo episódio da produção, ele recebe Duda Beat. Os dois conversam sobre a rotina de horário para dormir e acordar. Na cozinha, eles preparam pão integral com grãos, bolo de noiva e geleia de frutas amarelas.

Adaptações no ar

(GNT, seg, dia 6, às 21h30)

Mesmo com as medidas de combate ao avanço do novo coronavírus, o “Papo de Segunda” segue com edições inéditas. Fabio Porchat comanda a produção dos estúdios, enquanto Emicida, Chico Bosco e João Vicente de Castro participam via “Skype” diretamente de suas casas. O programa debate os principais assuntos da semana e ainda repercute os comentários das redes sociais.

Mistério nos ares

(Globo, ter, dia 7, às 22h30)

A Globo estreia a primeira temporada de “Manifest - O Mistério do Voo 828”. Neste drama repleto de mistério, um avião comercial desaparece inexplicavelmente em um voo transoceânico e reaparece cinco anos depois de ser considerado perdido no mar. Enquanto os parentes dos passageiros tiveram de aprender a lidar com a perda após tantos anos, para as pessoas a bordo do avião, o tempo simplesmente não passou. A série tem como tema central a família Stone: no voo, estão Michaela, uma oficial de polícia, seu irmão Ben, um pai de família dedicado, e Cal, o filho de 10 anos de Ben, que tem uma doença terminal. A primeira temporada completa está disponível no Globoplay.

Olhar 43

(GNT, qua, dia 8, às 21h)

De folga dos folhetins, Camila Pitanga se dedica ao seu lado apresentadora. A atriz comanda mais uma temporada do “Superbonita”. No novo episódio da produção, Camila conversa com a atriz Karine Teles. As duas falam sobre o olhar, um dos maiores pontos de atração no rosto e seu magnetismo incontestável, a serviço da beleza, mas também da alma. Recentemente, Karine esteve no ar na última temporada de “Malhação”.

Razão e sensibilidade

(Canal Off, qui, 9, às 20h)

O Canal Off estreia a série “Muito Além do que se Vê”. Em 2012, o deficiente visual brasileiro Derek Rabelo chocou o mundo depois de ir até o Havaí para surfar Pipeline, uma das ondas mais perigosas. Agora, com a ajuda do “big rider” Garret Mcnamara, Derek surfará os “out reefs” havaianos e se prepara para encarar algumas das ondas mais temidas do planeta com a ajuda dos maiores surfistas mundiais.  

Festival de chocolate

(GNT, sex, dia 10, às 19h)

Um novo time de confeiteiros busca impressionar Felipe Bronze e seus jurados em “Que Seja Doce”. Para fechar a semana, os participantes assumem o vício por chocolate. Para agradar os jurados, eles preparam um pavê de chocolate e um doce livre com muito chocolate. Carole Crema, Roberto Strongoli e Lucas Corazza integram o time de jurados.

 

Felpuda


Alguns pré-candidatos que estão de olho em uma cadeira de vereador vêm apostando apenas nas redes sociais, esperançosos na conquistados votos suficientes para se elegerem. A maioria pede apoio financeiro para continuar mantendo suas respectivas páginas, frisando que não aceita dinheiro público ou de político, fazendo com que alguns se lembrem daquela famosa marchinha de carnaval: “Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí...”. Como diria vovó: “Essa gente perdeu o rumo e o prumo”.