Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROGRAMAÇÃO

Programas em destaques da semana

Confira o que acontece na tv entre os dias 12 a 18 de abril
12/04/2020 09:10 - Caroline Borges/TV Press


Taça histórica

(Globo, dom, dia 12, às 15h)

Há quase um mês, o futebol também precisou parar com os campeonatos por conta dos avanços da pandemia do novo coronavírus. Porém, o público poderá matar as saudades da bola rolando. A Globo reexibe a grande final da Copa do Mundo de 2002, entre Brasil e Alemanha, com a histórica narração original de Galvão Bueno. Além da íntegra da vitória brasileira por 2 a 0, a emissora também leva ao ar um pré-jogo inédito de 15 minutos, comandado por Cléber Machado e Casagrande, com a participação de Galvão Bueno e jogadores que participaram da campanha do penta, como Cafu, Vampeta e Kaká. Após o apito final, a Globo mostra como foram os momentos de festa da conquista do penta e da histórica chegada dos jogadores ao Brasil.

Grande aprendizado

(Canal OFF, seg, 13, às 20h30)

Em “Burle, Me Treina!”, Carlos Burle e Lucas Chumbo surfam com um dos maiores adversários de Chumbo, Billy Kemper, em Rock Point e conhecem a rotina de treino intenso de agilidade na casa dele. Nesta primeira temporada, o surfista profissional e “coach” Carlos Burle apresenta ao seu discípulo, Lucas Chumbo, diversas técnicas para aprimorar seu esporte e se tornar o campeão mundial de ondas grandes.

Viagem de casal

(Canal OFF, ter, dia 14, às 20h30)

O casal Marcela Witt e Nelson Pinto vai em direção ao estado de Wymoning e no caminho acham um lago para velejar. Depois o casal conhece o parque nacional Yellow Stone, mas preferem buscar um lugar menos turístico e encontram um lago pelo satélite em Montana, onde fazem uma fogueira e uma comida para finalizar o dia. Tudo isso acontece no 13º episódio de “Morando na Estrada”.

História bíblica

(Record, ter, dia 14, às 20h30)

A Record volta a exibir a novela “Jesus”, escrita por Paula Richard. A produção bíblica acompanha a trajetória de Jesus de antes do nascimento à ressurreição, passando pelos milagres e o calvário da via crúcis. Além disso, o folhetim também mostra a trajetória de personagens importantes, como Maria Madalena e os apóstolos. Dudu Azevedo interpreta o papel principal da trama. Com gravações no Marrocos, a novela conta com Guilherme Winter, Day Mesquita, Larissa Maciel, Nicola Siri e Fernando Pavão no elenco.

Mistérios por todos os lados

(Globo, ter, dia 14, às 22h30)

Os passageiros do voo 828 precisam compreender a nova e dura realidade imposta. No segundo episódio da série “Manifest – O Mistério do Voo 828”, Michaela tenta lidar com o fato de Jared estar casado com sua melhor amiga. Ben ajuda outro passageiro. Olive quer que Grace conte a Ben o segredo dela.

Pelos aeroportos

(GNT, qua, dia 15, às 21h30)

 À frente do “Saia Justa”, Astrid Fontenelle também comandará a nova temporada de “Chegadas e Partidas”. O programa fala sobre relacionamentos e flagra situações vividas por quem circula pelos aeroportos. Em um mundo em que as distâncias se encurtaram, a apresentadora busca histórias de quem está no saguão do aeroporto, aguardando ou se despedindo de alguém.

Por todos os ângulos

(GNT, qua, dia 15, às 22h)

As múltiplas formas de beleza entram no debate da nova temporada do “Superbonita”. Camila Pitanga conversa com a atriz Juliana Alves, que estava no ar em “Salve-se Quem Puder”. As duas falam sobre volume.

Reforma em casa

(GNT, qui, dia 16, às 21h)

Maurício Arruda faz uma ronda pelos mais diversos lares brasileiros. No novo episódio do “Decora”, o apresentador conhece Davi e Leila, um jovem casal, descolado e ligado em todas as tendências de decoração. O quarto deles é pequeno, mas com muito potencial. Eles pedem que o ambiente tenha mais personalidade.

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.