Clique aqui e veja as últimas notícias!

NATAL

Apesar da pandemia do novo coronavírus, instituições lançam campanhas solidárias neste fim de ano

Instituições para idosos e crianças, além do Papai Noel dos Correios já estão abertos a doações
23/11/2020 07:30 - Naiane Mesquita


Lápis de cor, gibis, vestidos, brincos, esmaltes e kits de produtos para banho. Todos os pedidos de presentes para este Natal da Sirpha – Lar do Idoso são de produtos do cotidiano, mas que têm um valor especial para os 79 idosos que moram no local.  

Em um ano atípico, em que os idosos se tornaram o principal grupo de risco durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e os abraços se tornaram escassos, a confraternização ficou ainda mais necessária.

De acordo com a assistente social Nathália Rocha Grabowski, os idosos ficam ansiosos o ano inteiro esperando a festa. “Algumas pessoas que os apadrinham gostariam de entregar o presente em mãos, mas os idosos esperam ansiosos por receber o presente das mãos do Papai Noel, afinal, foi para ele que eles fizeram o pedido”, conta Nathália.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os padrinhos podem escolher os presentes por meio de uma lista disponível na internet e entregar os produtos na Rua Luxo, 125, Nova Lima. “Essa é praticamente a única data do ano que eles são presenteados, então é um momento muito especial para eles.

Corremos atrás para realizar todos os pedidos e sempre conseguimos, graças a Deus e às pessoas que apadrinham”, frisa Nathália.

Para ajudar, basta enviar uma mensagem para o WhatsApp do número (67) 9170-7797 que a lista de presentes será enviada.  

Papai Noel dos Correios

Em razão da pandemia do coronavírus, a tradicional campanha do Papai Noel dos Correios será diferente. As cartas podem ser escolhidas e adotadas pela internet e os presentes entregues em diferentes agências, diminuindo assim o risco de aglomeração.  

Os Correios não divulgaram a quantidade de crianças cadastradas no sistema, mas nas cartas já disponíveis há pedidos por carrinhos, bonecas e bicicletas.  

De acordo com a assessoria dos Correios, podem participar da campanha crianças de até 10 anos de idade em situação de vulnerabilidade social. As cartinhas devem ser manuscritas e, depois, fotografadas ou digitalizadas para envio ao blog da campanha. É importante enviar uma imagem nítida para que a mensagem possa ser lida e compreendida pelo Papai Noel. As cartas que atenderem aos critérios estabelecidos pela ação serão disponibilizadas para adoção no mesmo blog. A iniciativa também contempla cartinhas enviadas por alunos da rede pública até o 5º ano do Ensino Fundamental e por crianças acolhidas em creches, abrigos e núcleos socioeducativos.

A entrega dos presentes será feita presencialmente, sempre com atenção especial aos protocolos de segurança, como o uso de máscaras, e evitando aglomerações.

É possível consultar os pontos de entrega e escolher as cartas no endereço https://blognoel.correios.com.br/.

Asilo

Este ano, o Asilo São João Bosco realiza a 6ª edição de uma quermesse especial, com sorteio de prêmios por meio de um bingo. Dessa vez, por causa da pandemia, o evento será on-line, transmitido pelas redes sociais da instituição. A cartela do bingo custa R$ 25,00. São 20 mil reais em prêmios em dinheiro e uma TV de 43 polegadas. Informações sobre a quermesse pelo telefone 3345-0500.  

Crianças

Neste ano, a Casa da Criança Peniel realiza o Bazar Solidário de Natal nos dias 11 e 12 de dezembro, na Esplanada Ferroviária de Campo Grande.

Os produtos que farão parte do bazar são selecionadas: novos e seminovos de marcas tanto nacionais como importadas. Para garantir as vendas, a instituição ainda precisa de doações. O bazar aceita roupa, calçado, acessório, bolsa e até vestidos de festa.  

O recebimento das doações para o bazar acontece durante todo mês de novembro e se estende até dia 10 de dezembro, e os produtos podem ser entregues na recepção da instituição ou retirados por meio de agendamento prévio no telefone 3383-7867.  

A instituição atende crianças em situação de vulnerabilidade social.