Correio B

EXPECTATIVA

Rio deve receber um milhão de turistas durante o carnaval

Conforme o planejamento, 235 equipes estarão nos blocos para punir quem for flagrado jogando lixo

PORTAL BRASIL

18/01/2016 - 06h57
Continue lendo...

O Rio de Janeiro deve receber cerca de um milhão de turistas para o carnaval carioca, injetando aproximadamente R$ 3 bilhões na economia da cidade. A previsão foi feita nesta sexta (15) pelo secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, durante apresentação do planejamento operacional do Carnaval de Rua 2016.

De acordo com o secretário, cerca 5 milhões de foliões devem brincar o carnaval carioca nos 505 blocos e 650 desfiles programados. "São números olímpicos. Mostra um carnaval forte, que injeta recursos na economia em um momento difícil do Brasil." No domingo de carnaval, 11 navios devem atracar no porto da capital fluminense, número recorde para o período.

Antonio Pedro destacou a importância dos patrocinadores do carnaval, que, segundo ele, geraram economia de R$ 20 milhões para os cofres municipais na organização do evento.

A expectativa da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) é de ocupação de 85% dos quartos, percentual parecido com o de 2015 (84%). Para este ano, a cidade conta com 15 mil leitos a mais que no ano passado.

Ao todo, 16 monumentos serão protegidos durante os desfiles e 15 quilômetros de canteiros cercados nos pontos de maior concentração de multidões. "O ideal seria que não precisasse de proteção, mas, infelizmente, percebemos ao longo dos anos que as pessoas continuam degradando estátuas e canteiros", disse o secretário de Turismo.

Serão disponibilizados 25,5 mil banheiros químicos, aumento de 2.832% em relação a 2009, quando foram montados 900 banheiros. Para Antônio Pedro, o número de banheiros químicos será suficiente para o público esperado.

"A cidade deve ser tratada como sua casa ou a de um amigo. Você precisa se programar para ir ao banheiro. Ninguém bebe até o talo e depois vai fazer xixi na sala do amigo, porque não conseguiu segurar na fila. Educação é primordial", acrescentou.

Esquema de limpeza

Conforme o planejamento, 235 equipes do lixo zero estarão nos blocos para punir quem for flagrado jogando lixo. A multa para quem for pego fazendo xixi na rua é de R$ 510 e de R$ 180 para quem jogar lixo fora do lugar indicado.

A Secretaria de Saúde vai disponibilizar dois postos de pré-atendimento em Copacabana, um em Ipanema e dois postos no Centro, com profissionais de saúde e leitos para atender os foliões. No ano passado, foram atendidas 765 pessoas nesses postos.

Diálogo

Confira a coluna Diálogo na íntegra, desta quarta-feira, 12 de junho de 2024

Por Ester Figueiredo ([email protected])

12/06/2024 00h01

Diálogo

Diálogo Foto: Arquivo / Correio do Estado

Continue Lendo...

Carlos Hilsdorf escritor brasileiro

Sucesso e prosperidade são consequências,
prêmios pelo esforço e pela atitude
sincera e verdadeira de caminhar.

 

FELPUDA

Só faltou a musiquinha para o imponente salão se transformar em um arraiá verdadeiro, pois tinha de tudo por lá: gente com chapéu de palha desfiada solenemente na mesa, outros dando gargalhadas, talvez pensando se pediria emprestada a gravata mais exuberante do colega para compor a fantasia para a dança, e outros perguntando se na festa haveria barraca de pescaria. Um mais empolgado, equilibrando o saquinho de paçoquinha, cantava, feliz que só, trecho da composição de Ary Toledo: “Aaai... mataram meu carneiro, aaai e cortaram os quatro pés..’’. Pois é!...

Menor

O Dia dos Namorados em Campo Grande será no estilo “escorpião no bolso’’, pela pesquisa divulgada pela CDL CG. A data vai ser, digamos, mais econômica. A média de gasto por presente será em torno de R$ 213,61.

Mais

Já no ano passado, a média ficou em R$ 229,43. Dentre os mimos mais procurados estão roupas (38%), perfumes (22%) e flores (18%). Para a data, a entidade prevê vendas no total de R$ 87,14 milhões na Capital.

Bruno Wendling, Marcelo Freixo e Theresa Hilcar
Alvaro Landi, Sofia Wagner e Suada Rrahmani

Elas

Nas análises de experientes políticos, no segundo turno há grande chance de que a disputa pela Prefeitura de Campo Grande seja entre duas mulheres e com possibilidades de se aumentar o número da bancada feminina na Câmara Municipal. Isso acontecendo, dizem que o eleitorado feminino, que é o maior em MS, estará avançando nas lides políticas, o que poderá se repetir em 2025.

Índices

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS), o eleitorado em Campo Grande é de 646.555 pessoas. O universo feminino desbanca os homens nos números: são 349.409 mulheres, enquanto os homens somam 297.146, o que equivale a dizer que representam 45,958% dos que têm direito a voto, enquanto o índice delas é de 54,042%. É esperar para ver o futuro desempenho.

Na lista

Com a possibilidade cada vez maior do PL fazer aliança com o PP, ocupando a vice na chapa,
na disputa pela Prefeitura de Campo Grande, a vaga seria para indicação do ex-presidente Jair Bolsonaro. Na bolsa de apostas políticas, o nome que desponta com maiores chances é de Ana Cláudia Portela, filha de Aparecido Andrade Portela, o Tenente Portela, suplente da senadora Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, do Progressistas. Ana Cláudia é presidente municipal da legenda. A conferir.

Aniversariantes

  • Artur de Azevedo Perez Filho,
  • Gisele Furquim,
  • Adriana de Araújo Ovelar,
  • Celina Maria de Jesus,
  • Maria Rosa Ortega,
  • Edson Antonini,
  • Eduir Loubet,
  • Junio Hideo Sasaki,
  • Anelza Leite Campos,
  • Aline Tatiana Bachega,
  • Antonio Vieira Martins,
  • Diego Albuquerque Correa,
  • Robson Espíndola Dias,
  • Luciana Mecchi,
  • Celso Higa,
  • Silmara Ferreira,
  • Adonis Guimarães Lima (Dodô),
  • Noemi Karakhanian Bertoni,
  • Odilon Coral Ferreira,
  • Cassia Fatima de Emilio,
  • Eloar Vieira de Lara,
  • Keila Soares Trad,
  • Jéssika Silva Candelário,
  • Laila Casimiro Zahran Silveira,
  • Dr. Alexandre Frizzo,
  • Yasmin Ferzeli Graciuzo,
  • João José Binelo Batista,
  • Guilhermina Valente Lopes,
  • Mariel Marcio Oliveira Vilalba,
  • Roseli do Carmo de Souza,
  • Caroline Xavier Siqueira,
  • José Facundo da Silva Mota,
  • Antonia Cândida Duarte,
  • Fábio Rosemberg de Mattos,
  • Thalyssa Bastos Nogueira,
  • Abadio Marques de Rezende,
  • Iracema Souza Mendonça,
  • Juan Milciades Cazal Pedrozo,
  • Shirlei Aparecida Gibertini,
  • Lorival Antônio Bagio,
  • Antônio Arguelho,
  • Aline Weiller de Medeiros,
  • Antônio Crispin Alves da Cunha,
  • Edson Espíndola Cardoso,
  • Fátima Coelho de Oliveira,
  • Wellington Araujo da Silva,
  • Dr. Leolino Teixeira Junior,
  • Dr. Mauro Garicoi Pedraza,
  • Élio Vasquez Aristimunha,
  • Dr. Antônio Luiz Netto,
  • Maura Marcondes Ribeiro,
  • Antônio Luiz de Souza Mello,
  • Wilma Pinto Ribeiro,
  • Wilson da Vila,
  • Joana Villalba,
  • Reginaldo Martinez,
  • Eunice Silva,
  • Lúcia Camilo Silva,
  • Carlos Ortiz,
  • Valda Barros da Silva,
  • Evaldo Russel Vieira,
  • Cladis Sanches Lopes,
  • Karina de Lima,
  • Carla de Araújo Mello,
  • Maria Antonieta Teixeira Albaneze, Dr. Paulo de Tarso Guerrero Muller, Inês Regina Costa Gaeta,
  • Lorivaldo Antônio de Paula,
  • Aline Paula Horta Marques,
  • Annelise Jardim,
  • Guilherme Oshiro Taira,
  • David Ferreira Nantes,
  • Zilda Rotela de Jesus,
  • Miriam Gonçalves Queiroz,
  • Aníbal Ortiz Ramires,
  • Ketty Susy Paixão,
  • Raissa Amaral Espinola,
  • Helcio Simonato Barbosa,
  • Disney da Costa Rezende,
  • Leonardo Jose da Costa,
  • Augusto Vissoto Filho,
  • Carolyne de Souza Fonseca,
  • Sérgio Felga Junior,
  • Darci Ribeiro dos Santos,
  • Rosângela Falcão de Oliveira,
  • Delaide Maria Smaniotto,
  • Reinaldo Borges de Moraes,
  • Rosa Manara Arakaki,
  • Sandra Regina Martins Ferraz e Lopes,
  • Angela Priscila Junqueira de Lima Silva,
  • Dr. José Benedito Geraldes de Lima, Antonio Adão Manvailler Vendas, Maria Luiza Scaffa Chelotti,
  • Roberta Albertini Gonçalves,
  • Éllen Ribeiro Lacerda Alves,
  • Monique Fioravanti Sansão Bazan,
  • Rodrigo de Oliveira Lusena,
  • Júlio Celestino Ribeiro Fernández,
  • André Costa Ferraz,
  • Fábio de Oliveira Fagundes,
  • Raphaela Silva Modeneis Reis,
  • Filomena Castro Andrade,
  • Hudson Mário Pereira,
  • Antônio Elias Galo,
  • Walberto Laurindo de Oliveira Filho,
  • Selma Francisca Cardena Rocha, Enio Canteiro Arce,
  • Lusimery da Costa Borges,
  • Nelita Antônia de Oliveira,
  • Fabiane Ortiz de Araújo de Lima.

superstição

Santo Antônio: Veja dicas de dez superstições para celebrar o "Casamenteiro"

Na quinta-feira (13) fieis celebram o Padroeiro de Campo Grande que possui histórico de unir casais; veja dicas

11/06/2024 18h15

Divulgação Pinterest

Continue Lendo...

Com o dia do padroeiro de Campo Grande, Santo Antônio avizinhando, algumas pessoas que costumam religiosamente fazer suas simpatias, certamente já colocaram a imagem na água que é uma das mais comuns para quem procura casamento.

Afinal de contas não existe limite para o amor. Campo-gransense que deseja um enlace romântico, certamente tentou uma coisinha ou outra. 

O dia de Santo Antônio, padroeiro da Cidade Morena, é nesta quinta-feira (13), um dia depois do Dia dos Namorados, então tem muita gente aguardando o tão esperado pedido. 

Uma das tradições que movimenta populares, é o famoso bolo distribuído, na Catedral de Santo Antônio, neste ano serão 2 mil alianças e tem gente que jura de dedinho que funciona. 

Para reforçar o pedido ao Santo selecionamos dez superstições que costumam ser feitas com a proximidade da data. 


Superstições do Santo Casamenteiro

  • Pegar um pequeno papel com o nome de Santo Antônio e colocá-lo debaixo do travesseiro na noite anterior ao dia 13 de junho, acredita-se que isso ajude a encontrar um amor verdadeiro;

  • Participar das simpatias, como amarrar uma fita vermelha na imagem do santo ou acender uma vela em sua homenagem, pedindo por um relacionamento amoroso;

  • Realizar uma novena em honra a Santo Antônio, rezando diariamente durante nove dias seguidos para alcançar ajuda em assuntos amorosos;

  • Jogar uma moeda na fonte ou no poço do santo, fazendo um pedido para encontrar um parceiro ou para ter sucesso no amor;

  • Fazer uma promessa para Santo Antônio, como realizar uma boa ação em troca de ajuda para encontrar um amor.

  • Visitar uma igreja ou santuário dedicado a Santo Antônio no dia 13 de junho, para fazer uma oração especial pedindo sua intercessão nos assuntos do coração;

  • Colocar um vaso de lírios brancos ou rosas vermelhas perto da imagem de Santo Antônio, acreditando que isso trará sorte no amor;

  • Carregar uma imagem pequena de Santo Antônio consigo durante o dia 13 de junho, para atrair energias positivas e proteção em questões amorosas;

  • Ler a vida e os milagres de Santo Antônio no dia de sua festa, buscando inspiração e fortalecimento espiritual para lidar com os desafios amorosos;

  • Fazer uma súplica para Santo Antônio, pedindo sua ajuda para superar obstáculos nos relacionamentos e encontrar a felicidade amorosa;

Afinal, quem é Santo Antônio?

Filho único de uma proeminente família nobre, Santo Antônio de Pádua nasceu em meados do século XII, nas imediações de Lisboa, Portugal. Contudo, sua jornada terrena tomou um rumo celestial quando, ainda jovem, sentiu o chamado para a vida religiosa.

Aos 19 anos, ingressou nos Clérigos Regulares de Santo Agostinho, onde recebeu sua ordenação sacerdotal em 1220. Sua busca pela transcendência o levou a uma encontro providencial com São Francisco de Assis, fundador da Ordem Franciscana, marcando o início de sua caminhada espiritual.

 

Santo Casamenteiro

Santo Antônio, um dos santos mais venerados na tradição católica, é carinhosamente conhecido como o "santo casamenteiro". Ao longo dos séculos, lendas e tradições se entrelaçaram em torno de sua figura, reforçando sua reputação como intercessor em questões do coração.

Segundo uma das histórias mais difundidas, durante sua juventude, Santo Antônio teria realizado um milagre que se tornou emblemático: ajudou uma jovem pobre a conseguir um dote para seu casamento. Desprovida de recursos, a jovem havia perdido a esperança de encontrar um esposo, até que Santo Antônio interveio em seu favor. O relato narra que um homem rico se apaixonou por ela e ofereceu o dote necessário para concretizar o matrimônio.

Desde então, essa narrativa e outras como ela têm inspirado a devoção dos fiéis, que invocam Santo Antônio em suas buscas por amor e felicidade conjugal. Sua imagem é frequentemente associada a rituais e práticas que buscam sua intercessão em assuntos relacionados ao casamento e aos relacionamentos amorosos.

 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).