Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SOLIDARIEDADE

Sul-mato-grossenses, Bruninho e Davi fazem live neste domingo

Dupla irá apresentar sucessos de 11 anos de carreira no Youtube
02/05/2020 15:33 - Glaucea Vaccari


 

A dupla sul-mato-grossense Bruninho e Davi fará live neste domingo (2) para arrecadação de alimentos e equipamentos, como máscaras e álcool em gel, para o enfrentamento ao coronavírus. Show será às 15h, no horário de MS, no canal do Youtube da dupla.

Show virtual foi intitulado Violada em Casa e terá músicas antigas e as do novo álbum, chamado Quase Ontem, lançado recentemente e que teve o DVD gravado em Campo Grande, no ano passado.

Durante a live, os músicos também irão sortear um violão especial, cuja renda será revertida.  

No repertório, devem estar músicas que fizeram sucesso no passado, como “E essa boca aí?” e “Se Namorar Fosse Bom”. Durante a pandemia, Bruninho e Davi também lançaram a canção “Quarentena de Amor”, que deve estar na setlist da live.  

Bruninho e Davi começaram a carreira cantando na igreja,em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Em de 2009, se reencontraram em uma festa de aniversário, tocaram juntos novamente e decidiram formar a dupla. Na Capital, começaram com shows em barzinhos e logo fizeram sucesso com a música “Zona Sul”. No ano seguinte, ganharam projeção ao lançarem o clipe “Vamo mexê”, com participação do cantor Michel Teló.

Com 11 anos de carreira, colecionam sucessos, como "Ela sabe ser sexy",  "Onde Nasce o Sol", com participação de Jorge e Mateus, "Imagina com as Amigas", “Beija-Flor me beija”, entre outras.  

No ano passado, gravaram o DVD Quase Ontem, em Campo Grande, comemorativo de dez anos, com 29 canções e com a participação de artistas como Atitude 67, Alinne Rosa, Vitão, João Bosco e Vinícius e Gabriel Diniz, que morreu em 2019 em acidente aéreo. 

 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.