Clique aqui e veja as últimas notícias!

PROGRAMA

Tom Cavalcante e Tirulipa, comandam o humorístico "Faz Teu Nome", do Multishow

A dupla de humoristas atua como técnicos de comediantes ainda sem espaço na tevê
27/11/2020 08:00 - Márcio Maio/TV Press


Já faz alguns anos que o Multishow volta boa parte das suas apostas para o humor. Isso é facilmente visto no casting do canal, que consta com diversos nomes do gênero. Muitos são de uma nova leva de profissionais, revelados em outras emissoras, no teatro ou na internet, mas há espaço também para alguns artistas já consagrados há décadas na tevê. Caso de Tom Cavalcante, que ao lado de Tirulipa, apresenta o novo “Faz Teu Nome”, que estreou no último dia 17 no canal fechado. O grande trunfo do programa é justamente aproveitar a experiência dos dois no processo de abrir as portas para outros comediantes que buscam uma chance de mostrar talento em rede nacional.

Nessa primeira temporada, os convidados são do Ceará, ou seja, todos são conterrâneos da dupla anfitriã. Tom divide bem o espaço com o filho de Tiririca. Até pela referência paterna, o rapaz não destoa do colega mais experiente e se destaca no quadro em que ambos contracenam com os participantes. Principalmente quando está caracterizado como mulher, ou seja, todo trabalhado no exagero.

Os dez episódios têm, em média, 25 minutos de duração no ar. Parece pouco, mas é tempo suficiente para mostrar o convite feito aos artistas, submetê-los a uma pegadinha, realizar o chamado “Teste do Sofá” – em que eles recebem toques dos anfitriões –, acompanhar a apresentação individual deles e, por último, conferir a atuação do trio em esquetes com texto pronto. Cada episódio tem um tema diferente, como “Dinheiro”, “Medo”, “Trabalho” ou “Mentira”, por exemplo. 

Por colocar em evidência humoristas que não chegaram ainda à televisão, há um frescor em “Faz Teu Nome”. Outro ponto a favor é que a dinâmica lembra um pouco a de alguns shows de talento, embora não se trate de uma competição. Tom e Tirulipa atuam como técnicos, dando dicas e opinando sobre o que funciona e o que não dá muito certo na tevê. 

O elenco foi bem escolhido, com homens e mulheres talentosos, que se apresentam com seu próprio texto e também se submetem às propostas de esquetes da equipe do programa. Em uma próxima temporada, porém, não limitar os participantes a um único estado brasileiro pode ser mais interessante. Afinal, há talentos espalhados por todas as regiões do Brasil. E por mais que sejam profissionais diferentes, as piadas acabam se tornando um tanto similares quando a produção se limita a chamar apenas comediantes cearenses.