Correio B
CINEMA

'Triangle of Sadness', de Ruben Ostlund, vence a Palma de Ouro em Cannes

A obra tem produção do brasileiro Rodrigo Teixeira

FOLHAPRESS

28/05/2022 21:00

O Festival de Cannes chegou ao fim neste sábado (28) premiando o longa "Triangle of Sadness", de Ruben Ostlund, com a Palma de Ouro, maior honraria do evento francês. 

A obra tem produção do brasileiro Rodrigo Teixeira.

O troféu foi entregue numa pomposa cerimônia na qual também saíram vitoriosos, em empates, "Close" e "Stars at Noon", escolhidos para o grande prêmio, e "Le Otto Montagne" e "EO", para o prêmio do júri.

O diretor desse último, Jerzy Skolimowski, agradeceu nominalmente os seis burros que estrelam seu longa e foram a grande sensação da riviera francesa, arrancando risadas da plateia. "Obrigado, meus burros. I-ó", disse.

Houve ainda a entrega de um prêmio especial pelos 75 anos do festival, destinado aos irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne, de "Tori et Lokita". 

Os atores que apresentaram os melhores trabalhos desta 75ª edição, segundo o júri, foram Zar Amir Ebrahimi, do filme "Holy Spider", e Song Kang Ho, de "Broker".