Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SHOW

Trio Filhos de Campo Grande faz live neste domingo

Apresentação pela internet terá objetivo de arrecadar alimentos para entidades de assistência social
07/06/2020 08:40 - Da Redação


 

Com o intuito de arrecadar alimentos, fraudas e dinheiro para duas entidades de assistência social, o trio sertanejo Os Filhos de Campo Grande realizará neste domingo (7) a Live Solidária “Histórias do meu MS”. A apresentação começa às 16h30 (horário de Mato Grosso do Sul) e será transmitida pelo canal oficial no Youtube e no Facebook. 

O show virtual será feito em apoio às crianças da Associação Renasce uma Nova Esperança de Campo Grande e Lar Ebenezer de Dourados. As doações poderão ser feitas ao vivo por telefone. 

Essa será a primeira apresentação ao vivo do trio sul-mato-grossense em suas redes sociais desde o início da quarentena. No reportório o grupo promete diversos hits da carreira, além de clássicos sertanejos.

A Associação Renasce uma Nova Esperança, que receberá as doações, cuida de crianças com paralisia cerebral. Já o Lar Ebenezer, localizado em Dourados, atende crianças vítimas de abuso sexual.

GRUPO

Os Filhos de Campo Grande estão na estrada desde 1997, são considerados os pioneiros do movimento Sertanejo Universitário. Desde o início da carreira, o trio apostou em um estilo mais animado e dinâmico de apresentar as tradicionais músicas sertanejas da época. 

SERVIÇO

Artista: Os Filhos de Campo Grande
Evento: Live Solidária “Histórias do meu MS”
Data: domingo (7), às 16h30
Local: Canal do Youtube e Facebook
Doações pelo telefone: (67) 9 8112 1000

 

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.