Correio B
CARNAVAL 2022

Última noite de carnaval em Corumbá celebra os anos de romantismo

Arlequins, pierrôs e colombinas ganham as ruas de Corumbá neste domingo

Silvio Andrade

24/04/2022 13:18

Arlequins, pierrôs e colombinas, originários das comédias italianas do século XVI e incorporados ao carnaval, ganham as ruas de Corumbá neste domingo, ao lado das pastoras, palhaços e do corso (desfile de carros antigos enfeitados com serpentinas e confetes). É o Carnaval Cultural, instituído na cidade há 17 anos para celebrar os tempos das marchinhas, das brincadeiras de ruas com esguichos de água e lança-perfume do final do século XIX.

A cidade mais carnavalesca do Centro-Oeste encerra sua festa voltando ao passado, os tempos de romantismo de um carnaval que se transformou em uma indústria de turismo e consumo e ganhou o mundo. Apesar do isolamento, com acesso aos grandes centros somente pelo Rio Paraguai, Corumbá acompanhou a evolução do carnaval desde seus primórdios influenciada pelo Rio de Janeiro, de onde vinham marinheiros para prestar serviços na Marinha de Ladário.