Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Vice da Band vê “projeto político” por trás da criação da CNN Brasil

Leia a coluna de Flávio Ricco
21/02/2020 06:00 - Da Redação


Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

 
 

Em conversa com a coluna, Paulo Saad, vice-presidente de canais pagos do Grupo Bandeirantes, falou pela primeira vez sobre um tema que movimenta a mídia já há algum tempo: a chegada da CNN ao Brasil.

Apesar de afirmar que a concorrência é sempre boa e importante “pra gente ficar alerta e trabalhar mais”, o executivo, sem entrar em detalhes, acredita que existe “um projeto político” por trás da criação da CNN no país.

De acordo com sua experiência no mercado e baseado em todos os investimentos realizados até agora, entende que a conta não fecha.  

“Acho estranho uma emissora que ‘não fecha as contas’. Ela está investindo um dinheiro que o mercado não suporta. Eu sei de quais são as rendas deles, e realmente não paga o salário de nenhum dos grandes nomes que eles contrataram”, questiona.

Quando perguntado sobre o fato de a implantação da CNN ter participação direta do empresário Rubens Menin, da MRV Engenharia, Saad não é tão otimista:

“Se eles estiverem dispostos a perder mais de R$ 300 milhões, a perder ou investir mais de R$ 300 milhões, é um cálculo que faço que eles vão perder em dois anos”.

 
 

TV Tudo

Desfalques

O Grupo Band foi um dos que mais perdeu profissionais para a CNN.  

“Eu gostei muito porque mostra que fazemos um bom jornalismo. Todos os profissionais que foram para lá, nós formamos ou contratamos. Eu acho que o profissional tem que se valorizar. Lógico que lamento a saída deles. Que sejam felizes. Mas tenho certeza que o nosso canal vai se renovar e encontrar novos talentos”, declara Saad.

Arremate

Paulo Saad destaca ainda que o Grupo Band sempre atuou como fornecedor de mão de obra, de qualidade, para outras emissoras. Destaca dois nomes: Fausto Silva e Luciano Huck.

“A ascensão e explosão deles na mídia brasileira foi através da Bandeirantes. Superamos, criamos novos valores e criaremos outros. Não temos medo de novos concorrentes”, conclui.

Ludmilla no BBB20

A cantora e atual apresentadora do “Só Toca Top”, Ludmilla é a nova atração musical do “Big Brother Brasil 20”. Esta será a segunda apresentação dela no programa. A primeira foi no “BBB 18”. Na edição de hoje (21) da festa “Os opostos se atraem” traz como temas opostos “Favela e asfalto”.

“Vai ter muita coisa do meu DVD ‘Hello Mundo’, o meu hit para o Carnaval ‘Pulando na Pipoca’, em parceria com Ivete Sangalo, e muitas outras surpresas”, adianta a cantora sobre o repertório.

Por enquanto

Lilia Cabral está sendo cogitada para o elenco da próxima novela de João Emanuel Carneiro na Globo, na sequência de Lícia Manzo.

Mas o único nome confirmado até aqui é o de Letícia Colin.

Daquele jeito

Em nenhuma das rodadas do campeonato paulista até agora disputadas, deixaram de existir erros e consequentes reclamações da arbitragem. Aliás, nunca foram tão absurdos.

O VAR, no entanto, só será usado a partir das quartas de final da competição.

Estreia

“O Melhor da Vida” é o título do programa que Karyn Bravo vai apresentar na Cultura FM, a partir de 7 de março.

No ar, todos os sábados, 13h, destacando assuntos relacionados à saúde e bem-estar.

Ainda do rádio

André Lahoz não será o novo diretor de Jornalismo da Jovem Pan. A informação é que não aceitou. Fala-se agora no nome de Ricardo Arcon, que teria o apoio de Augusto Nunes.

Arcon que por sinal é sobrinho do vice-presidente de Jornalismo, José Carlos Pereira.

Voando baixo

Lívia Andrade, nesta sexta, vai apresentar o “Fofocalizando”, do SBT, direto de Salvador.

Na segunda, será do Rio de Janeiro, e na terça, de novo, em Salvador. Só na quarta, ela e todos, em São Paulo.

Cuidados

Um dos gêmeos que Cauã Reymond vai viver na novela de Lícia Manzo será muito rico, de família conhecida e viciado em drogas.

Entre psicólogos e demais especialistas, vários cuidados já estão sendo tomados com este personagem. Acompanhamento em tempo integral.

... E naturalmente

Se um é rico, o outro irmão que o Cauã fará na mesma novela, evidentemente, será bem pobre.

Pode ser um gancho que sempre funciona, mas é uma historinha que a própria televisão já contou um zilhão de vezes.

Você sabia?

Valentina Pontes, de 7 anos, é a maior youtuber mirim do Brasil, com mais de 17,9 milhões de inscritos no seu canal, superando grandes artistas, como Anitta (13,6) e Marília Mendonça (15,2).

De Fortaleza, os roteiros são baseados em brincadeiras com os pais e o irmão.

 
 

Em cenas que vão ao ar a partir do dia 26, quarta-feira, em “Éramos Seis”, Lúcio (Jhona Burjack) levará um tiro durante a guerra e ficará gravemente ferido.

O que o salva é uma bíblia, dada por sua mãe, que estava em seu bolso.

Bate – Rebate

  • Desde o final da semana passada, como um esquenta, a Band começou a promover diversas entradas dos seus repórteres falando de Carnaval...
  •  ... Pessoal distribuído entre São Paulo, Rio e Salvador, principalmente...
  •  ... E destaque para Alex Sampaio, Diego Becker, Raquel Gotesman, Ed Gama e Sasa Moneratti, entre outros.
  • A TV Brasil vai mudar o horário do “Sem Censura”... 
  •  ... Agora será levado ao ar a partir das 14h...
  •  ... A ideia, diante de tantas modificações inexplicáveis, provavelmente é tentar acabar com um dos poucos programas que dá certo.  
  • O gari e passista Renato Sorriso, conhecido do carnaval carioca, também estará na cobertura da Rede TV!...
  •  ... Os apresentadores do “Tricotando”, Lígia Mendes e Franklin David também...
  •  ... Os trabalhos terão início, nesta sexta, a partir das 23 h.
  • O “Persona em Foco”, da Cultura, nesta sexta, 22h45, prestará merecida homenagem a Myriam Muniz.

C´est fini

Depois de viver o fotógrafo Téo em “A Dona do Pedaço”, Rainer Cadete já tem um novo compromisso na Globo. O ator está confirmado no elenco de “Verdade Secretas 2”, de Walcyr Carrasco com direção de Amora Mautner, produção exclusiva da Globoplay. Rainer voltará a interpretar o booker Visky.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.