Correio B

Consumo

Você é louco por compras? Saiba que esse problema é comum

Você é louco por compras? Saiba que esse problema é comum

Continue lendo...

Agora que as festas de fim de ano acabaram, chegou a hora de encarar a fatura do cartão de crédito ou o saldo da conta bancária. Se você chegou à conclusão que exagerou nas compras e foi tomado pelo sentimento de culpa, deve ficar atento a esses sintomas. Segundo a psicóloga Juliana Garcia, cada vez mais pessoas sofrem de consumo compulsivo. Esse transtorno é caracterizado por um impulso consumista descontrolado e pode ser encarado como um problema de ordem emocional.

Para a psicóloga, o sentimento de vazio tem a ver com a necessidade de aceitação. As propagandas que estimulam o consumo costumam ter como objetivo vender um status, a participação num determinado espaço exclusivo ou a sensação de ser pleno. O apelo consumista pode acabar se encaixando em pessoas que, para resolverem questões relacionadas à baixa autoestima, acabam se envolvendo num ciclo que as deixam mais frustradas. "Na ânsia por ser, a pessoa se apega ao ter, mas isso não basta. O ciclo de compra desenfreada se repete porque ninguém consegue aplacar suas verdadeiras necessidades dessa forma", esclarece.

Delírios de consumo

Esse tipo de distúrbio já foi inclusive retratado na literatura. A saga "Os delírios de consumo de Becky Bloom" mostra o cotidiano de uma consumidora compulsiva, que não resiste a uma liquidação e se vê cheia de dívidas. De acordo com Juliana Garcia, uma das principais consequências que o consumo desmedido pode acarretar na vida das pessoas ainda é o impedimento da concretização dos sonhos materiais. "À medida que sua riqueza escoa sem saber seu destino, sem que haja planejamento do que é importante, a possibilidade de realização material em seu sentido mais amplo fica, de fato, muito prejudicada. Quando a pessoa não cuida de seu orçamento, fica sem autonomia, endivida-se e perde a possibilidade de estar em paz consigo mesma", explica.

Para saber se você está vivendo esse tipo de transtorno, vale prestar atenção em alguns sinais:

- Sua vontade de comprar parece incontrolável e você sente que precisa ter aquele objeto, custe o que custar
- Compra por impulso, tendo muitas peças que nunca foram usadas ou objetos praticamente iguais no guarda-roupa. Em alguns casos, a pessoa adquire o hábito de dar esses pertences aos outros, como forma de se redimir, ou o comprador só acumula os bens
- Pode apresentar um padrão muito rígido e rigoroso consigo mesmo
- As contas vivem descontroladas e os gastos não acompanham os ganhos, envolvendo-se em dívidas com cheque especial e cartão de crédito todo mês
- Deseja manter um padrão incompatível com sua renda, mobilizado pelo desejo de fazer parte, ser aceito ou sentir-se adequado
- O dinheiro vivo não para em sua mão, pois vai direto para pagamento de dívidas

Vítimas do consumismo

As mulheres ainda podem ser as mais afetadas pelo consumo compulsivo. Apesar de não existirem dados estatísticos que comprovem essa afirmação, a psicóloga acredita que o público feminino é estimulado, desde cedo, a ir às compras e também a buscar a perfeição estética. "Não podemos ser taxativos, mas é importante que as mulheres fiquem mais atentas ao modo como lidam com suas riquezas, seja seu dinheiro, sua saúde, suas emoções ou seus desejos. Precisamos aprender a preservar aquilo que é precioso para nós e para isso precisamos cada vez mais reforçar nossa autoestima e empreendermos um trabalho constante de autoconhecimento e autocuidado", lista Juliana.

Nesse sentido, a psicoterapia é um dos principais tratamentos utilizados em compradores compulsivos. A ideia é que a pessoa compreenda o que de fato está buscando, cuide das áreas da vida que vem negligenciando e aprenda a se controlar financeiramente. Terapias complementares, como aromaterapia, florais e homeopatia, podem auxiliar o processo ajudando a clarear a mente e a reduzir a ansiedade.

Confira abaixo algumas dicas importantes que podem ajudar você a frear seus impulsos consumistas e superar de vez o problema:

- Não deixe para amanhã a busca por apoio psicológico. Talvez pense que já está suficientemente endividado e não pode investir em uma terapia agora. No entanto, é importante lembrar que esse tipo de investimento pode ajudar você a sair dessa situação.
- Comece a compreender o que o estimula a comprar e perceba quais sentimentos estão presentes quando entra em loja em busca de coisas novas.
- Tome medidas imediatas: retire os cartões de crédito e talões de cheque da carteira. "Assim você evita as compras por impulso que acontecem em horário de almoço, na ida e volta do trabalho, etc", alerta a especialista.
- Os grupos de autoajuda, como os Alcoólicos Anônimos, costumam adotar como lema evitar o primeiro gole e pensar que só por hoje não se envolverão com a bebida. "Evitar o primeiro gole é prevenir as recaídas. Pensar em "só por hoje" ajuda a baixar a ansiedade e a viver um dia de cada vez", ensina a psicóloga.
- Leia a respeito, se informe e converse com pessoas que passam por situação parecida. Sair do mundo fechado de seus próprios problemas pode ajudar.
- Recupere o prazer de viver, que se manifesta nas pequenas coisas, que não precisam ser compradas ou consumidas. Alimente a sua autoestima de dentro para fora.

De acordo com Juliana, ser bem-sucedido significa ser autônomo, saber exatamente quanto ganha e quanto gasta e investir naquilo que importa, como lazer, formação profissional, saúde, família, alimentação, etc. "É essencial equilibrar presente e futuro, conseguindo usufruir do que é necessário e desejável agora, sem deixar nenhuma parte de lado e reconhecendo suas prioridades", completa.

Música Clássica

Entrada Gratuita: Apresentação de Orquestra Sinfônica ocorre nesta segunda (17), em Campo Grande

Promovido pelo Movimento Concerto, o evento pretende aproximar a música clássica da comunidade na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

16/06/2024 17h45

O evento quer levar a música clássica para quem não está familiarizado com o som

O evento quer levar a música clássica para quem não está familiarizado com o som Divulgação UFMS

Continue Lendo...

A Orquestra Sinfônica de Campo Grande, com regência do maestro Eduardo Martinelli, apresenta o Movimento Concerto, nesta segunda-feira (17), no Teatro Glauce Rocha. 

A ideia do projeto é que a comunidade tenha contato com a música clássica, como explicou o pró-reitor de Extensão, Cultura e Esporte, Marcelo Fernandes.

“O Movimento Concerto recebe convidados como a Sinfônica de Campo Grande, que é uma convidada de honra e estão sempre com a gente. Então, se a pessoa não tem muito contato com a música clássica, esse é um concerto legal para vir, porque são obras muito consagradas”, explica.

Com a 10ª edição do Encontro com Música Clássica, ainda nesta temporada o projeto já reuniu mais de 200 artistas como:

  • Orquestras;
  • Coros;
  • Solistas de diversas regiões do Brasil e variadas formações camerísticas na Cidade Universitária.

“Nós estamos aguardando muito por esse concerto, porque além das apresentações da Orquestra Sinfônica de Campo Grande que sempre busca apresentar um tema diferente no repertório apresentado, nós iremos lançar as datas da 10ª edição do Encontro com a Música Clássica, que é o festival mais tradicional de música clássica do nosso Estado”, declara o maestro Eduardo Martinelli.

O repertório contará com apresentações de compositores como Mozart, Brahms, Tchaikovski e Strauss. 

“Serão apresentadas a Pequena Serenata Noturna de Mozart, as Quatro Estações de Vivaldi e Danúbio Azul de Strauss. Será muito bacana colocar todas elas em um programa só, além de ser um prato cheio para quem não está familiarizado com a música clássica”, pontua.

Durante as apresentações, a comunidade pode levar alimentos não perecíveis que serão doados para projetos sociais como o Fundo de Apoio à Comunidade de Campo Grande e instituições socioculturais que estão cadastradas junto à UFMS.

Serviço:

Local: Teatro Glauce Rocha

Data: 17/06

Horário: 20h

Com entrada franca os ingressos podem ser reservados clicando aqui

 

Assine o Correio do Estado

Correio B+

Astrologia B+: A energia do Tarô entre 17 e 23 de junho

É pra frente que se anda! A carta do Carro no Tarô é sobre determinação, força de vontade e foco. Entenda as influências deste arcano para a semana.

16/06/2024 15h30

A energia do Tarô entre 17 e 23 de junho

A energia do Tarô entre 17 e 23 de junho Foto: Divulgação

Continue Lendo...

O Carro, carta dos Arcanos Maiores de número 7, simboliza coragem frente às incertezas. Este arcano representa correr riscos e avançar em direção ao que você realmente deseja da vida, mesmo quando não há garantias.

Esta carta ilustra que o sucesso e a vitória não vêm da realização de um objetivo, mas ocorre no momento em que você escolhe a coragem em vez do medo. Se você tem ousadia e bravura, com certeza tem o meio para chegar onde quer.

Quando esta carta aparece, é um sinal de que você está no caminho certo e que o universo está levando você para o seu destino. O Carro lhe diz que talvez você precise lutar pelo que quer. Sugere uma batalha e um consequente triunfo duramente conquistado sobre seus inimigos, incluindo suas próprias vulnerabilidades.

Não vou negar, provavelmente o processo até você alcançar o que almeja tenderá a ser desafiador. Você possivelmente vai enfrentar estradas acidentadas, longas subidas, becos sem saída e grandes contratempos. A sua vitória só estará garantida se você não perder a esperança, pois este caminho difícil exigirá muita determinação para superar os adversários e as adversidades.

Portanto, nunca desista, mesmo diante de obstáculos aparentemente impossíveis de serem superados. “A persistência é o caminho do êxito”. (Charles Chaplin).

O Carro, também conhecido como Carruagem, surge quando seus guias desejam que você concentre suas energias em um caminho ou objetivo específico, tendo força de vontade, determinação e energia positiva. Esta carta é um sinal de encorajamento. Contudo, para avançar com sucesso é necessário manter a calma e a clareza mental mesmo diante de grandes desafios.

Agora você está no banco do motorista e está assumindo as rédeas da sua vida. Mesmo quando algo inesperado surgir no caminho, como um obstáculo, um imprevisto ou um atraso, você não deve permitir que isso o desvie do rumo. Continue e confie em si mesmo, em suas habilidades e no tempo divino.

Na ilustração da carta, o Carro é liderado por duas esfinges, uma preta e uma branca. Elas estão voltadas para direções opostas, representando dois futuros possíveis. O cocheiro deve aprender a controlar essas forças antagônicas a fim de obter a vitória. Neste sentido, ter força de vontade é fundamental.

A mensagem principal que o Carro traz para você é que você deve ter dedicação, determinação, manter o foco e a confiança, ao enfrentar um percurso que será cheio de curvas e desvios sinuosos. Neste caminho, podem surgir dúvidas, e você pode se sentir puxado em direções opostas. Sua convicção certamente será testada, mas você deve seguir em frente mesmo assim.

Carta do Carro - Divulgação

Este arcano é frequentemente associado a avanço, viagem, sucesso e superação de desafios. Ele simboliza ação e movimento, o que também pode representar viagens físicas ou simbólicas.

O Carro incentiva a exploração de novos horizontes, a busca por novas experiências e a expansão de seus limites. Ele nos convida a sair da nossa zona de conforto e a abraçar novas oportunidades.

O Carro sugere que você prossiga com um plano ou projeto mesmo não tenha certeza absoluta do resultado final. Sua bravura garantirá que você atinja esse objetivo. Escolher a coragem ao invés do medo te fortalece e já te torna um vencedor.

Confie em suas próprias habilidades e siga em frente com determinação. O sucesso aguarda aqueles que têm a coragem de perseguir os seus sonhos e navegar pelos territórios desconhecidos da vida. “A vitória está a poucos passos daquele que não desiste de lutar.”

Uma ótima semana e muita luz,

Cris Paixão

 

 

 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).