Correio B

VAGAS LIMITADAS

A+ A-

Workshop ensina técnicas de churrasco com o chef Brunão BBQ

Participantes receberão brindes e evento será open bar e open food, em Campo Grande

Continue lendo...

Apaixonados por churrasco terão a oportunidade de aperfeiçoar e aprender novas técnicas de preparo das carnes em um workshop que será realizado nesta sexta-feira (1º) e sábado (2), em Campo Grande.

O workshop “Paixão pelo fogo experience” será ministrado pelo chef e influencer de gastronomia Bruno Souza, conhecido como Brunão BBQ, referência no segmento.

O evento é tanto para quem tem o churrasco como fonte de renda, quanto para quem gosta de preparar o assado e quer impressionar amigos e famílias com um churrasco diferenciado.

O horário será das 17h às 22h30 na sexta e das 11h às 18h no sábado, sendo open bar e open food para todos os participantes.

As vagas são limitadas e, inicialmente, serão duas turmas, podendo haver turma extra no domingo (3), caso necessário. 

Confira o conteúdo:

  • Técnica de fogo + as melhores lenhas para cada técnica de churrasco 
  • Técnica de grelha 
  • Entrada para churrasco
  • Técnica de salga 
  • Cortes baratos para o seu churrasco 
  • Acompanhamento para churrasco 
  • A picanha perfeita 
  • Cupim desmanchante 
  • Costela fogo de chão 

Os alunos receberão um kit de brindes, contendo camiseta, caneta, bloco de notas, copo, abridor e certificado, brindes da Agro brindes e Clube do Teres.

Haverá ainda sorteio de brindes de marcar parceiras, como faca artesanal do Sandro Boeck (ganhador do desafio sob fogo do canal History channel), tábua artesanal Wood 67 e pegadores importados e espeto fogo de chão Delagrill Parrillas.

A taxa de inscrição é de R$ 300 no primeiro lote, que tem 10 vagas, e R$ 350 no segundo lote, para pagamento via pix.

“Será um grande encontro entre amigos com cerveja, churrasco e muito conteúdo top que vai mudar a realidade do seu churrasco!”, diz a nota de abertura do evento.

Para os interessados no workshop, foi disponibilizado um grupo vip no WhatsApp, onde serão repassadas mais informações. Entre no grupo clicando aqui.

Correio B+

Saúde B+: Sete mitos sobre exercícios para a perda de peso

Especialista esclarece o que verídico e válido no processo de emagrecimento

24/02/2024 20h00

Sete mitos sobre exercícios para a perda de peso Foto: Divulgação

Continue Lendo...

Ano novo é significado de vida nova e a famosa lista de resoluções é renovada com sucesso. Ano após ano, um item está sempre presente: o desejo de emagrecer.

Segundo uma pesquisa realizada em 2022 pela WW, empresa do segmento de bem-estar, em parceria com o Instituto Kantar, revelou que 91% dos brasileiros pretendiam priorizar o seu bem-estar e 40% tinham a intenção de investir na perda de peso.

Dados divulgados pela ONG Obesidade Brasil e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relatam que a obesidade afeta 41 milhões de brasileiros, sendo 22% dos homens e 29,5% das mulheres adultas. Esse percentual demonstra que a população está cada vez mais sedentária.

Se manter ativo é uma regra que vale para todos, jovens e idosos. Praticar exercício físico de intensidade moderada promove significativas melhoras nas respostas imunológicas (Mondal,2018), além de ajudar a reduzir marcadores inflamatórios crônicos de baixo grau (Beaver,2010).

“Na busca desenfreada para perder peso, muitas pessoas acabam optando por atalhos repletos de facilidades que vão comprometer a saúde. Resultados imediatos não existem. O ganho de peso acontece de maneira gradual e a perda acontecerá da mesma maneira”, orienta Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

Na internet é possível encontrar várias informações sobre o tema, mas o que realmente é válido e o que vale a pena seguir? Essa é a dúvida de muitas pessoas que estão em busca de uma vida saudável.  Para esclarecer e desmistificar o assunto, Eduardo pontua os sete principais mitos sobre a perda de peso. Confira:

1) Atividades aeróbicas são melhores para emagrecer

 É cada vez mais imprescindível tratar o emagrecimento com uma abordagem multifatorial, levando em consideração os fatores biopsicossociais e não apenas a dieta e o exercício.

As atividades aeróbicas são ótimas para estimular a queima calórica, mas também é importante combinar diferentes tipos de exercícios, incluindo o treinamento de força, que é eficaz para alcançar resultados mais completos e duradouros.

Ambos são extremamente importantes no emagrecimento. É tão importante quanto a modalidade escolhida a questão do desequilíbrio calórico negativo, onde o gasto energético deve ser superior à ingestão.

A dica de ouro é encontrar o exercício que proporcione prazer e que você consiga realizar com frequência.

2) Musculação não ajuda a queimar gordura

 Até bem pouco tempo, acreditava-se que os exercícios aeróbicos seriam a principal ferramenta para quem quer diminuir os números na balança. E com essa mentalidade esquecemos do treinamento contra resistência. Porém a musculação também contribui muito para o emagrecimento, favorecendo o ganho de massa, o que aumenta o gasto calórico do organismo em repouso.

Vale ressaltar outros benefícios do treinamento de força:

  • Otimização da taxa metabólica basal;
  • Auxilia na redução de massa gorda e na manutenção da força;
  • Retardar a atrofia muscular do envelhecimento;
  • Manutenção do tecido ósseo;

Melhora dos componentes cardiovasculares, do metabolismo da glicose, na prevenção e no tratamento do diabetes;

Foto: Divulgação

3) Quanto mais suor, mais perda de calorias

O suor é água e eletrólitos, e qualquer peso perdido pelo suor é recuperado assim que você se hidrata. O emagrecimento ocorre por meio de uma abordagem biopsicossocial, incluindo a combinação de dieta saudável e exercícios regulares, não apenas pela quantidade de suor produzido.

4)  É preciso malhar todos os dias para ter resultados

A frequência e a intensidade dos treinos devem ser equilibradas com períodos de descanso para permitir a recuperação do nosso organismo. A regularidade da atividade física é importante, mas a qualidade do estímulo e a recuperação adequada são tão importantes quanto as idas à academia.

Uma combinação de treino de força, exercícios cardiovasculares e mobilidade, juntamente com a recuperação e a nutrição, tende a oferecer os melhores resultados. É importante reforçar a ideia de que cada pessoa responde de uma forma, ouvir o seu corpo, ajustar a sua rotina de acordo com as suas necessidades e objetivos individuais são fundamentais.

5)  É melhor treinar à noite do que de manhã

Não existe um “melhor” horário para se exercitar, pois isso depende muito das preferências individuais, do estilo de vida e dos objetivos de cada pessoa.  Recentes pesquisas mostram pontos relevantes a considerar:

O exercício no final da tarde ou à noite parece ser  superior ao exercício matinal, especialmente para atividades de força e potência. O ritmo circadiano tende a atingir o pico entre 14h e 18h, e o corpo está em ótimas condições para melhor desempenho físico.

“No meu entendimento, o melhor horário para se exercitar é aquele que se encaixa na sua rotina e que você pode manter consistentemente. A regularidade e a consistência no exercício são mais importantes do que a hora específica do dia em que você se exercita”, enfatiza Netto.

 6)  Praticar exercícios em jejum emagrece mais

 Trata-se de um mito. A revisão da literatura sugere que existem poucas evidências para apoiar a ideia que a prática de exercícios em jejum proporciona aumento na oxidação de gordura. A recomendação é evitar realizar exercícios durante o jejum, principalmente ao praticar atividades de alta intensidade.

 7)  Pessoas mais velhas não devem levantar peso ou fazer exercícios intensos

Os benefícios do treino de resistência são incrivelmente abrangentes, desde a redução do risco de doenças crônicas a melhoria do estilo de vida saudável, especialmente à medida que envelhecemos, até o aperfeiçoamento do desempenho desportivo atlético.

“Acredito que todas as pessoas deveriam ter uma rotina de exercícios contra resistência. Temos evidências científicas que demonstram que devemos cada vez mais recomendar essa estratégia: “levantem peso para a vida “, comenta o profissional de Educação Física.

Quanto a orientação de não realizar exercícios intensos, idosos podem realizar exercícios de alta intensidade, mas com algumas considerações importantes:

Avaliação médica, respeito à progressão e monitoramento constante;

Embora o exercício de alta intensidade possa ser benéfico, é crucial adaptá-lo às necessidades e capacidades individuais de cada idoso. O foco deve ser a segurança.

Dica do especialista: o cuidado com o corpo gera benefícios essenciais para manter as capacidades físicas fortalecidas e garantir qualidade de vida.  Esse autocuidado ajuda a prevenir lesões no decorrer da vida. O treino diário ajuda a manter o corpo forte e gera equilíbrio: qualidades fundamentais para evitar quedas, contusões ou até algo mais grave.

 

 

 

Correio B+

B+: O que significam na prática os termos jurídicos que envolvem o processo de Ana Hickmann

Especialista em Direito de Família, explica o que querem dizer as expressões que estão sendo muito faladas na mídia devido ao caso da apresentadora que ocorre na Justiça

24/02/2024 17h30

O que significam na prática os termos jurídicos que envolvem o processo de Ana Hickmann Foto: Divulgação

Continue Lendo...

O processo judicial de Ana Hickmann contra o seu ex-marido Alexandre Corrêa tem gerado muitas discussões em decorrência dos desdobramentos ocorridos nas últimas semanas. Com o assunto em alta, expressões jurídicas pouco conhecidas têm sido cada vez mais utilizadas e levantado dúvidas por quem não é um bom entendedor da linguagem “juridiquês”.

Com exclusividade, o Dr. Daniel Oliveira, especialista em Direito das Famílias e Sucessões, explica o que significam os principais termos que estão sendo bastante usados ultimamente. 

*Coação processual*

“Também conhecida como ‘assédio processual’, é o ingresso de inúmeras demandas judiciais, sendo muitas delas desnecessárias ou apenas impostas como forma de constranger a outra parte.”

*Pátrio poder*

“É o poder instituído a ambos os genitores, apenas a um deles ou outro tutor responsável pela criança ou adolescente, sendo que a pessoa que tem o pátrio poder sobre a criança está encarregado de todos os cuidados e direcionamento do menor até que complete a maioridade.”

*Alienação parental*

“É, principalmente, privar os direitos da criança ou do adolescente da necessária relação com o outro genitor. Pode ocorrer de forma verbal, quando um dos responsáveis deprecia a imagem do outro para o filho, ou de forma física mesmo, quando um tutor impede o outro de ter contato com a criança ou o adolescente.”

*Calúnia x injúria x difamação*

“Os três termos são caracterizados como crimes contra a honra de uma pessoa, tipificados pelos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal.

A calúnia, ocorre quando é atribuída a outrem, falsamente, um fato criminoso. Por exemplo: ‘O fulano é um bandido por cobrar este valor de refeição’.

A injúria, é classificada como tal quando se destina ao outro uma qualidade negativa, tal como: ‘Aquela pessoa é falsa.’

E a difamação, é caracterizada ao sujar a imagem de outrem, mas sem que isso possa ser um fato criminoso, como por exemplo: ‘Beltrano só trabalha bêbado’.”

*Co-autor*

“Tanto o co-autor quanto o autor pleitam em juízo as mesmas questões postas na inicial. Se menor de idade, até fazer 18 anos, a parte deve ser representada pelo responsável, não participando o representante como autor nos autos. Ao completar a maioridade, aquele ex adolescente passa a ingressar no processo judicial em nome próprio.”

O Dr. Daniel Oliveira reitera ainda que questões que envolvem o Direito de Família devem ser protegidas pelo segredo de Justiça: “Somente entendendo todos os argumentos colocados pelas partes torna-se possível fazer um juízo de valor sobre o caso. Este trabalho cabe somente ao magistrado, que é a pessoa qualificada para entender os argumentos das partes e proferir uma decisão”, conclui.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).