Clique aqui e veja as últimas notícias!

COLUNA MOTOMAIS

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos
07/10/2019 10:27 - EDMUNDO DANTAS/Agência AutoMotrix


Fase de expansão
A Royal Enfield está expandindo sua rede de concessionárias no Brasil. Além das quatro lojas que já funcionam - em Brasília (DF), Curitiba (PR), São Paulo e Campinas (SP) -, abrirá quatro novas concessionárias até o final de 2019. Ribeirão Preto, no interior paulista, é a próxima cidade a receber uma loja da marca indiana. Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo deverão ser as cidades seguintes a ganharem revendas. O plano de expansão da Royal Enfield no Brasil projeta que sejam abertas, até março de 2020, dez novos pontos de venda nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Sul e Sudeste. As próximas cidades que receberão a marca estão em processo de definição. Todas as lojas serão projetadas dentro do padrão global da Royal Enfield e oferecerão oficina, disponibilidade de roupas e acessórios exclusivos e a possibilidade de realizar test-rides dos três modelos de motocicleta vendidos no Brasil: Himalayan 410, Classic 500 e Bullet 500. “No mês de julho, foram cento e setenta emplacamentos, nosso recorde, que até então era de cento e vinte e quatro, em junho de 2019. Em agosto, vendemos mais cento e quarenta e cinco unidades. A abertura das novas lojas e a chegada da Himalayan no Brasil são os fatores principais para esse crescimento”, comemora Claudio Giusti, diretor Geral da Royal Enfield Brasil.

Dever de casa
A Honda anunciou a linha de produtos de motocicletas que serão expostos no 46° Salão de Tóquio neste ano, evento que abre para o público geral de 25 de outubro a 4 de novembro. Uma estreia mundial será a CT125, um modelo conceitual que propõe um novo valor à série Honda Super Cub por meio de sua estrutura, projetada levando em consideração o desempenho de execução off-road e o design exterior, estimulando o espírito aventureiro dos motociclistas. Herdando o original conceito “CT”, a CT125 apresenta um para-choque e silenciador dianteiros em aço (acima do motor), um suporte traseiro amplo, duto de entrada de ar de alta montagem e purificadores de ar laterais. Embora com uma característica casual adequada para o uso diário, a CT125 também está posicionada como um modelo de trekking, equipado com funções que permitem ao motociclista desfrutar trilhas leves. Além da CT125, a Honda exibirá a Benly e:, scooter elétrica de uso comercial, e a Gyro e:, scooter elétrica de três rodas. 

Coroa sem graxa
A Kawasaki convoca os proprietários das motocicletas modelo Ninja 400 ano 2019, fabricadas de agosto de 2018 a julho de 2019, com numeração de chassi final 0001 até 1060, a agendar uma visita a uma das concessionárias autorizadas Kawasaki para a substituição do rolamento do flange da coroa da roda traseira sem qualquer custo. Segundo a marca, o uso da motocicleta deverá ser suspenso imediatamente até que a verificação seja feita. Nas unidades afetadas, o rolamento do flange da coroa da roda traseira foi instalado sem a aplicação de graxa lubrificante. Isso pode resultar na quebra do rolamento, provocar uma instabilidade na condução e criar o potencial para uma queda ou colisão. Os agendamentos já estão disponíveis nas concessionárias e o tempo estimado para a realização do reparo pode levar até uma hora e meia. Mais informações pelo telefone 0800-773-1210, das 8h às 19h.

Cem mil cabeças feitas
A Honda comemora a comercialização de 100 mil unidades de capacetes desenvolvidos pela equipe de designers brasileiros da marca. As coleções Honda Essential e Honda Dreamer trazem uma gama de cinco modelos de capacetes, com quarenta e sete opções de cores e grafismos, incluindo versões femininas e masculinas. Os capacetes Honda são produzidos em plástico injetado e contam com modernos sistemas de articulação, ventilação e proteção. Todos estão plenamente de acordo com as resoluções do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e são certificados pelo Inmetro. Disponíveis nas concessionárias Honda de todo o país, os modelos têm preços públicos sugeridos a partir de R$ 118 (base São Paulo/ sem impostos). Desde janeiro de 2019, os capacetes Honda também são exportados para países da América do Sul e Central.