Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AUXÍLIO EMERGENCIAL EXTENSÃO

Pagamento do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família começa nesta quinta, 17

Serão 12,6 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família beneficiadas por nova parcela
17/09/2020 16:34 - Estadão Conteúdo


A Caixa inicia o pagamento das parcelas do Auxílio Emergencial Extensão nesta quinta-feira, 17, para as 12,6 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família e consideradas elegíveis para o recebimento do benefício. Os critérios estão estabelecidos na Medida Provisória n.º 1.000 do Ministério da Cidadania.

As famílias terão o valor do Bolsa Família complementado pela extensão do Auxílio Emergencial em até R$ 300. Os benefícios não acumulam.

No caso de famílias em que a mãe é a única provedora, o valor chega a R$ 600. Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, será pago o valor normal do benefício.



Veja os exemplos:


- Família que recebe R$ 205 do Bolsa Família e a mãe é a única provedora, irá receber R$ 600 no total;

- Família que recebe R$ 390 do Bolsa Família e a mãe não é a única provedora, irá continuar recebendo o mesmo valor, sem acréscimo;

- Família que recebe R$ 390 do Bolsa Família e a mãe é a única provedora, receberá R$ 600 no total.

O pagamento do benefício emergencial obedece ao calendário habitual do Bolsa Família, que segue até 30 de setembro.

Quem já está inscrito no Bolsa Família e atende aos critérios do auxílio emergencial não precisa solicitar o complemento pois ele é pago automaticamente.

Os primeiros a receber são os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) final 1. Basta utilizar o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil.



Confira o calendário:


Quinta-feira (17/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 1;

Sexta-feira (18/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 2;

Segunda-feira (21/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 3;

Terça-feira (22/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 4;

Quarta-feira (23/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 5;

Quinta-feira (24/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 6;

Sexta-feira (25/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 7;

Segunda-feira (28/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 8;

Terça-feira (29/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 9;

Quarta-feira (30/9):

Famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 0.

 
 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...