Clique aqui e veja as últimas notícias!

COMÉRCIO

Decreto de shopping será publicado quando todos entregarem plano

Campo Grande e Bosque dos Ipês não apresentaram documento com medidas de biossegurança
17/04/2020 12:18 - Bruna Aquino, Daiany Albuquerque


 

A Prefeitura de Campo Grande aguarda os shoppings Campo Grande e Bosque dos Ipês entregarem documento, com o plano de biossegurança para evitar o contágio da Covid-19, para que seja publicado decreto autorizando esses estabelecimentos a reabrirem.

De acordo com a administração, até o momento apenas os shoppings Norte Sul e Pátio Central apresentaram a documentação exigida. “Está faltando a entrega de dois shoppings até agora, nós precisamos de todos os shoppings entregues para que saia esse termo de compromisso assinado hoje e aí sim cada shopping vai ter sua estratégia, se começa amanhã, domingo ou segunda-feira”, declarou o titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur). Luis Eduardo Costa.

Os documentos dos outros estabelecimentos já estão com a Semadur desde quarta-feira. Eles preveem várias medidas para conter a proliferação da doença. “A nossa fiscalização vai na semana seguinte verificar essas adequações e se tiver a necessidade de ter melhoria em algumas situações, nós vamos fazer junto com os técnicos e construir mais segurança nesses estabelecimentos”, alertou o secretário.

Sobre as academias, Costa afirmou que o texto já está sendo finalizado e deverá ser publicado em algumas horas. “Algumas outras reivindicações vieram do próprio segmento, é possível que logo agora será publicado das academias, a reformulação de decreto e resolução que vai colocar um regramento diferente para as altas complexidades”.

Os estabelecimentos de ambos os seguimentos estão fechados desde o dia 21 de março, quando a Prefeitura de Campo Grande publicou decreto determinando o fechamento, por 15 dias, de todos os comércios que não eram considerados essenciais, como supermercados e farmácias. 

Na semana passada os primeiros comerciantes conseguiram abrir as portas, mas as academias, shoppings, galerias e food parks permaneciam fechados. Na quinta-feira houve a liberação dos dois últimos, sobrando apenas esses dois seguimentos fechados.