Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REAQUECIMENTO

Demanda por bens industriais cresceu 5,9% em agosto ante julho, revela Ipea

Indicador mede a demanda interna por bens industriais através da soma das importações e da produção não foi exportada
06/10/2020 13:30 - Estadão Conteúdo


A demanda doméstica por produtos industrializados cresceu em agosto, informou o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais avançou 5,9% em relação a julho. 

Na comparação com agosto de 2019, porém, houve retração de 7,6%. O indicador mede a demanda interna por bens industriais através da soma das importações e da produção industrial brasileira que não foi exportada.

O consumo de bens nacionais aumentou 3,1% em agosto ante julho, enquanto o de importados avançou 9,8%.

 Entre as grandes categorias econômicas, o destaque positivo foi a alta de 14,2% na demanda por bens de consumo duráveis, enquanto a de bens intermediários subiu 5,7%. Já o consumo aparente de bens de capital recuou 0,2%.

De janeiro a agosto, o indicador de consumo de bens industriais acumula uma redução de 9,6%. No acumulado em 12 meses até agosto, a demanda por bens industriais encolheu 5,9%, com redução de 7,2% no consumo de bens nacionais e alta de 0,5% no de bens importados.

 
 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...