Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Depois de semanas sem álcool em gel, estoques voltam ao normal em algumas farmácias

Só na segunda semana de abril setor estabilizou o fornecimento do produto
13/04/2020 13:42 - Bruna Aquino


 

Desde quando o novo coronavírus chegou no Brasil em meados de fevereiro, farmácias e supermercados de Campo Grande não foram mais os mesmos no fornecimento de álcool, líquido ou em gel, para a população que ainda de certa forma não tinha o produto. 

Mesmo naquela época, quando as pessoas souberam que o álcool ajuda na eliminação do vírus, em menos de uma semana não achava mais frascos nas prateleiras assim como também máscaras faciais e remédios para aumentar a imunidade. 

Passado quase um mês que os campo-grandenses estão na luta para combater a Covid-19, só agora, algumas farmácias da cidade estão voltando ao normal quanto aos estoques, principalmente de álcool em gel, 70%, já que o grande fluxo das compras também diminuiu. 

A reportagem do Correio do Estado entrou em contato com pelo menos cinco farmácias de Campo Grande e todas estavam com os estoques abastecimentos, mesmo que uma ou outra teve dificuldade na emissão de pedidos. 

Bruna Raiane Meirelles é gerente da farmácia São Leopoldo e explicou ao Correio do Estado que o fornecimento está normal e a procura agora é tranquila. “Estamos com o estoque cheio, temos álcool líquido também, hoje contamos com estoque de 317 frascos, então está tranquilo para atender a todos que precisam”, explicou. 

Já o gerente da farmácia Farma e Farma, Alessandro Augusto Teixeira, explicou que o retorno dos estoques está gradativo. Ele disse que hoje só tem estoque porque fez o pedido a 40 dias atrás já que os fornecedores estão dando prioridades a outros setores. “Hoje eu só tenho três opções de álcool em gel, são pedidos que a gente tinha passado a 40 dias atrás, a empresa segurou na época, agora que soltou. Para eu pedir hoje, por exemplo, a dificuldade é tremenda, eles estão captando pedidos daqui uma semana. Não esperava receber mais esses pedidos antigos, vários setores de perfumaria, eles também atendem atacadistas, então eles priorizam os supermercados depois as farmácias”, disse. 

Há drogarias que ainda não conseguiram repor seus estoques. È o caso da farmácia Pague Menos que informou que ainda não está disponibilizando do produto nessa semana porque está em falta no fornecimento. 

Em outras farmácias, as opções são poucas. Nas unidades da Ultrapopular, há apenas frascos de 60ml de álcool em gel para venda. Nas unidades da farmácia Popular, o produto só está disponível em 1 litro. 

Os valores, porém não voltaram como eram antes da epidemia. Frascos que antes eram vendidos a R$ 12, agora podem ser encontrados em média a R$ 24,99 dependendo da marca do fabricante ou da composição. 

Felpuda


Alguns pré-candidatos que estão de olho em uma cadeira de vereador vêm apostando apenas nas redes sociais, esperançosos na conquistados votos suficientes para se elegerem. A maioria pede apoio financeiro para continuar mantendo suas respectivas páginas, frisando que não aceita dinheiro público ou de político, fazendo com que alguns se lembrem daquela famosa marchinha de carnaval: “Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí...”. Como diria vovó: “Essa gente perdeu o rumo e o prumo”.