Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Dólar chega a R$ 5 pela primeira vez na história após medidas de Trump

Presidente norte-americano proibiu voos da Europa para os EUA como contenção do Covid-19
12/03/2020 08:51 - Da Redação


O dólar abriu alta nesta quinta-feira (12) e chegou, pela primeira vez na história, a marca de R$ 5. A alta de 6,52% se deve as medidas anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para conter a proliferação do novo coronavírus no país.

Trump proibiu viagens da Europa para os Estados Unidos por 30 dias por conta da decisão de declarar pandemia mundial da Organização Mundial de Saúde (OMS). As moedas de países emergentes foram as que mais sofreram com isso, sendo o real a segunda moeda mais desvalorizada do mundo ante o dólar, atrás apenas do peso mexicano.

De acordo com o Banco Central, seriam vendidos nesta quinta-feira US$ 2,5 bilhões das reservas, como forma de tentar conter a alta do dólar.

Após a declaração de pandemia do novo coronavírus, a Bolsa de Valores brasileira caiu pela segunda vez na semana. Ela havia iniciado a semana com queda de 12%, mas subiu 7% na terça-feira, o Ibovespa recuou 7,63%, a 85 mil pontos, acionando o circuit breaker, quando caiu 10,11% durante o pregão. Na véspera deste aumento, o dólar havia encerrado a quarta-feira a R$ 4,7215, alta de 1,65%.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.