Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MERCADO

Dólar está misto, mas segue acima dos R$ 5, em meio a medidas e leilão do BC

Investidores ajustam posições em meio à percepção de que é pequeno o impacto fiscal do pacote do governo de R$ 147 bilhões
17/03/2020 09:19 - Estadão Conteúdo


 

O dólar mostra sinais mistos, mas segue acima dos R$ 5,00 na manhã desta terça-feira, 17. Neste primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), os investidores ajustam posições em meio à percepção de que é pequeno o impacto fiscal do pacote do governo de R$ 147 bilhões para fazer frente ao coronavírus, anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, na segunda-feira, 16, à noite.

"Essas medidas são bem-vindas, ainda que julguemos ser necessário a adoção de outras medidas nos próximos dias e semanas", avaliam economistas da Renascença DTVM, em nota a clientes.

O dólar exibe sinais desiguais - queda à vista e alta no dólar abril - em meio aos ajustes iniciais, após fechamentos com sinais mistos ontem, e o anúncio pouco antes da abertura hoje de um leilão de linha com recompra novo de até US$ 2 bilhões (9h30)

Pontualmente, o dólar à vista chegou a subir à máxima de R$ 4,0559 (+0,07%), em linha com o dólar abril, mas logo retomou a baixa. No exterior, o dólar tem alta generalizada ante divisas principais e emergentes.

Às 9h23 (horário de Brasília), o dólar à vista caía 0,41%, a R$ 5,0344. O dólar para abril subia 0,81%, a R$ 5,0355.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.