Clique aqui e veja as últimas notícias!

ECONOMIA

Economistas dão dicas para começar o ano com as contas em dia

Planejamento e pagar contas à vista é uma das medidas para não começar o ano no vermelho
10/01/2021 16:30 - Rafaela Moreira


O mês de janeiro pode ser o momento ideal para se planejar e começar o ano sem dívidas. Apesar do momento atípico de pandemia, que influenciou diretamente na renda de milhares de brasileiros, economistas explicam que é necessário organizar as finanças para iniciar 2021 sem grandes apertos.  

O Correio do Estado conversou com o professor e economista, Eugênio Pavão que ressaltou que a população precisa repensar alguns gastos e ter organização e planejamento para começar o ano com as contas em dia. 

Últimas Notícias

“A dica para entrar o ano novo em situação melhor é um conjunto de atitudes que devem se guiar pela redução dos gastos supérfluos, gastos de lazer e diversão, viagens. É um esforço grande, pois significa uma mudança de hábitos que são de difícil mudança, mas no atual momento é necessário termos planejamento para enfrentar os desafios da economia pós vacinação”.

Para muitos consumidores, as dívidas repercutem negativamente na qualidade de vida, causam crises de ansiedade e prejudicam a concentração no trabalho. Pavão ressalta que todo início de ano vem junto com as preocupações que podem agravar estas situações, como contas de IPVA, IPTU, material e matrícula escolar, que pesam no orçamento mensal. 

“Todo começo de ano tem algumas surpresas, é necessário aproveitar os descontos de alguns impostos, como o pagamento à vista do IPTU, que tem 20% de desconto em Campo Grande, troca de dívidas com juros altos para dívidas com juros menores, troca de escolas dos filhos, ainda mais nessa época de ensino virtual, sendo a principal dica: se livrar de juros e muitas parcelas”, ressaltou o economista.