Clique aqui e veja as últimas notícias!

EMERGENCIAL

Quase 30% da população de Campo Grande recebeu auxílio do Governo Federal

Entre as cidades do Estado, a maior porcentagem de pessoas beneficiadas está em Japorã e a menor em Itaporã
21/09/2020 09:30 - Súzan Benites


A população de Campo Grande é estimada em 906,096 mil habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada no mês passado. 

Do total, 29,8% recebeu o auxílio emergencial do governo federal, ou seja, 270,4 mil pessoas, das quais 37,1 mil são beneficiárias inscritas no programa Bolsa Família, 64 mil do Cadastro Único (CadÚnico) e 169,4 mil que se cadastraram voluntariamente pelo aplicativo Caixa Tem. 

Cada trabalhador inscrito no programa recebe parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família).  

Até o fim de agosto, de acordo com os dados do Ministério da Cidadania, foram pagos R$ 828 milhões aos moradores de Campo Grande, sendo R$ 160,1 milhões do Bolsa Família; para os beneficiários do CadÚnico, o montante chega a R$ 205,6 milhões.

E para quem fez o cadastro no aplicativo Caixa Tem, os recursos chegam a R$ 462,3 milhões disponibilizados.

Segundo a economista Daniela Dias, o benefício foi importante para a maioria das famílias, mas alerta que é preciso usar com cautela. 

“Esses recursos precisam ser gastos de forma consciente, renegociando o que for possível. E de qualquer forma vem para a economia: seja para as instituições bancárias, com o pagamento de contas, ou na forma de consumo, para alimentação e despesas prioritárias”, destacou.