Clique aqui e veja as últimas notícias!

LEVANTAMENTO

Segundo o Procon-CG, 68% dos entrevistados pretendem presentar as mães

A procura é maior por bolsas, cintos e relógios, de acordo com a pesquisa
08/05/2021 13:02 - Naiara Camargo


De acordo com levantamento realizado pela Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor de Campo Grande (Procon-CG), 68% dos campo-grandenses entrevistados têm intenção de presentear a mãe neste domingo (9). 

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 29 de abril. Os presentes mais procurados são bolsas, relógios, cintos e acessórios, representados por 27% das respostas de entrevistados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A pesquisa ainda revela que 67% dos consumidores opinam que preços de presentes estão mais caros em relação ao ano passado e 42% dos entrevistados têm intenção de comprar o presente de forma online, 13% em shoppings e 8% no comércio da Capital.

O subsecretário do Procon-CG, Thiago Almeida, recomenda que consumidores exijam nota fiscal do produto no ato do pagamento, pois este é o único meio de comprovar que a transação aconteceu.

Além disso, orienta que pessoas fiquem atentas à propagandas enganosas que ofereçam produtos baratos, porém com informações falsas e com defeito.

Em compras realizadas pela internet, consumidores devem ficar espertos se os sites acessados são realmente seguros.

É possível desistir do produto comprado em até sete dias, a contar da data de assinatura ou do ato de recebimento do produto, em caso de compra realizada pela internet, telefone ou catálogo. 

O prazo para reclamação de produtos não duráveis é de 30 dias e, para bens duráveis, 90 dias.