Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DAS 8H ÀS 13H

Em MS, 16 agências da Caixa abrem neste sábado para saque do auxílio emergencial

Funcionamento será das 8h às 13h em nove municípios do Estado; Veja endereços
01/05/2020 14:51 - Glaucea Vaccari


 

Dezesseis agências da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul irão abrir neste sábado (2), das 8h às 13h, em nove municípios, para atendimento dos beneficiários do auxílio emergencial, nascidos de janeiro a outubro, que optaram por realizar o saque em espécie.

No Estado, estarão abertas oito agências em Campo Grande para atendimento à população, além das agências de Corumbá, Dourados, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. (Veja endereços abaixo).

Conforme a Caixa, a abertura foi ampliada para o fim de semana devido as grandes filas e aglomerações de pessoas nas agências desde o início do saque do auxílio de R$ 600. O funcionamento no sábado permitirá antecipação do calendário de saque.  

Nascidos em novembro e dezembro que tiverem a solicitação devem aguardar a terça-feira (5), que é a data de ínicio do pagamento para este grupo.

O banco orienta que só procurem as agências pessoas que precisam realizar serviços essenciais ou os beneficiários do serviço emergencial que desejam fazer o saque em espécie, para evitar aglomerações desnecessárias.  

Serviços considerados essenciais são saques sem cartão e senha dos seguintes benefícios: Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); seguro-desemprego/defeso; Bolsa Família e outros benefícios sociais; pagamento de abono salarial e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); saque de conta-salário; e desbloqueio de cartão e senha de contas. Demais serviços podem ser feitos via canais digitais.  

As unidades terão fluxo de clientes controlado e nas salas de autoatendimento será permitida a entrada de um ou dois clientes por máquina, de acordo com o espaço físico disponível. Tais medidas visam manter o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas. Além disso, está sendo efetuada sinalização para delimitação nos pisos externos das agências para manutenção do afastamento social.

O banco informou ainda que reforçou seu protocolo de higienização das unidades priorizando a limpeza das superfícies de contato humano, portas de entrada, maçanetas e vidros do entorno, teclados dos caixas eletrônicos, balcões de caixa e torneiras e aparelhos sanitários com periodicidade mínima de seis vezes ao dia.

 
 

Felpuda


Questão de família acabou descambando para o lado da política, e a confusão já é do conhecimento público. 

A queda de braço tem como foco a troca de apoio político que, de um, foi para outro. Sem contar as ameaças de denúncia da figura central do imbróglio. 

A continuar assim, há quem diga que nenhum dos dois candidatos a vereador envolvidos na história conseguirá ser eleito. Barraco é pouco!