Clique aqui e veja as últimas notícias!

ECONOMIA

Setor privado investiu R$ 33 bilhões nos últimos seis anos em Mato Grosso do Sul

A criação dessas novas indústrias possibilitou a geração de 23 mil empregos diretos
13/10/2021 09:35 - Gabrielle Tavares


Só nos últimos seis anos, o setor privado investiu R$ 33 bilhões em obras no Mato Grosso do Sul. A criação dessas novas indústrias possibilitou a geração de 23 mil empregos diretos.

Para conseguir atrair as empresas, o governo Estadual criou uma política de incentivos fiscais e também investiu R$ 4,6 bilhões em infraestrutura e logística.

Uma das obras que recebeu alto valor de recursos foi a nova fábrica de celulose da Suzano, em Ribas do Rio Pardo, que promete gerar mais de 10 mil empregos.

Com R$ 14,7 bilhões de investimentos, foi a maior aposta do setor privado do Brasil neste ano.

A Companhia Suzano conseguiu no segundo trimestre de 2021 um lucro líquido de R$ 10,036 bilhões. A empresa reverteu o prejuízo de R$ 2,052 bilhões que teve no mesmo período do ano passado.

Além disso, em Água Clara, foi implantada em 2018 a fábrica de MDF, GreenPlac, do grupo Asperbras, que contou com incentivos estaduais. 

Já em Rio Brilhante, em 2019, foi inaugurada a primeira fábrica de fertilizantes líquidos de Mato Grosso do Sul, que dispôs de R$ 25 milhões em investimentos para produzir 800 mil toneladas de fertilizantes para atender a todas as culturas, principalmente cana-de-açúcar e milho.

Últimas notícias