Empregos e Carreira

QUALIFICAÇÃO

Egov começa em fevereiro cursos para servidores municipais

Egov começa em fevereiro cursos para servidores municipais

DA REDAÇÃO

17/01/2011 - 11h50
Continue lendo...

A Escola Municipal de Governo (Egov) abre neste mês as inscrições para os cursos de línguas e iniciação em instrumentos musicais. Serão oferecidos cursos de inglês, espanhol, italiano, língua portuguesa, Libras (Linguagem brasileira de sinais) e também matemática. As inscrições vão do dia 24 a 28 de janeiro e as aulas começam a partir do dia 07 de fevereiro.

A matrícula para o curso de iniciação em instrumentos musicais começa no dia 31 de janeiro e vai até 04 de fevereiro. As aulas têm início no dia 14 de fevereiro. As capacitações são gratuitas, voltadas para o aprimoramento e a qualificação profissional dos servidores municipais.

Os servidores interessados devem levar o último holerite para fazer a inscrição na Egov (avenida Ernesto Geisel, 4009). Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas nos telefones 3314-9619 e 3314-9865.

OPORTUNIDADE

Prefeitura abre seleção para 2 cargos com salário de R$ 1,4 mil

Contratação será temporária para os cargos de auxiliar de manutenção e merendeiro, com jornada de trabalho de 40 horas semanais

20/05/2024 13h00

Prefeitura abre processo seletivo para dois cargos

Prefeitura abre processo seletivo para dois cargos Divulgação/ Prefeitura de Campo Grande

Continue Lendo...

A Prefeitura de Campo Grande abriu processo seletivo simplificado para os cargos de auxiliar de manutenção e merendeiro.O processo será para formação de cadastro reserva e a contratação dos que forem chamados será em caráter temporário.

O edital foi publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (20).

Ambos os cargos exigem que o candidato seja alfabetizado. O salário é de R$ 1.412,00, com jornada de 40 horas semanais.

Conforme o Executivo Municipal, o cadastro é "para efeito de proceder à recomposição gradativa do quadro de pessoal temporário em setores específicos da Prefeitura de Campo Grande, para substituir vacâncias e, portanto, assegurar a prestação dos serviços públicos essenciais à população do Município".

A inscrição é gratuita e deve ser feita presencialmente, nos dias 22 e 23 de maio, das 7h30min às 11h e das 13h às 17h30min, na Secretaria Municipal de Educação, localizada na Rua Onicieto Severo Monteiro, n. 460, Vila Margarida.

O candidato deve levar documentos pessoais, comprovantes de qualificação, no caso de merendeiros, e experiência profissional, além da ficha de inscrição preenchida. A ficha está disponível para download no site da Secretaria Municipal de Gestão.

A seleção será feita exclusivamente por meio de avaliação da experiência profissional, mediante análise da documentação protocolada pelos candidatos.

O resultado final será homologado pela Secretaria Municipal de Gestão, com a relação dos nomes dos candidatos aprovados e classificados em ordem decrescente da pontuação obtida.

A divulgação da lista de aprovados, assim como convocação, será feita em Diário Oficial.

A convocação ocorrerá quando houver vacância de função, sendo chamados os aprovados por ordem de classificação.

São requisitos básicos para a contratação:

  • ter sido aprovado no presente processo seletivo;
  • ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • possuir a idade mínima exigida para assumir a função;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • ter certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexo masculino;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da função;
  • não ocupar cargo, emprego ou função pública e não acumular proventos de aposentadoria pagos por previdência pública federal, estadual ou municipal
  • entregar todos os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para a função;
  • comprovante da escolaridade correspondente à função;
  • não ter sido demitido por justa causa, em razão de falta grave, mediante decisão dequalquer esfera governamental, nos últimos cinco anos.

MATO GROSSO DO SUL

MS tem R$ 6,3 milhões em apoio a doutores em projetos de pesquisa

Serão contratados até 25 projetos e bolsas tem prazo total para até 36 meses de projeto, em pacote de R$ 22 milhões

20/05/2024 09h21

Agronegócio, Bioeconomia, Biotecnologia, e Cidades Inteligentes estão entre áreas de fomento desde que Semadesc ainda era Semagro

Agronegócio, Bioeconomia, Biotecnologia, e Cidades Inteligentes estão entre áreas de fomento desde que Semadesc ainda era Semagro Arquivo/Correio do Estado

Continue Lendo...

Com orçamento de R$ 6.374.437,50, Mato Grosso do Sul tornou pública a chamada em busca de projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e de inovação, por meio de acordo de cooperação técnica entre a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

Esse apoio financeiro se dá no âmbito do "Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional (PDCTR), nas vertentes interiorização e regionalização", expõe o texto publicado em Diário Oficial do Estado na manhã desta segunda-feira (20). 

Conforme cronograma, a contar desse lançamento da chamada, hoje (20), os interessados tem até o dia 26 de junho para mandarem suas propostas eletrônicas pelo SIGFUNDECT

A lista preliminar de propostas enquadradas tem o prazo a partir de 03 de julho para ser divulgada, tanto no site da Fundect quanto no Diário Oficial do Estado.

 Ao todo, haverá um máximo de 25 projetos contratados, dependendo da demanda de bolsas solicitadas, sendo que a duração total das propostas - e consequentemente das bolsas - será de 36 meses, ou seja, três anos. 

Abaixo, a chamada Fundect/Cnpq número 03 de 2024 - PDCTR-MS: 

Desenvolvimento regional

Em busca de pesquisadores fora do mercado de trabalho para o PDCTR-MS, a ideia é que essas doutoras e doutores nas instituições de ensino superior e/ou pesquisa, mas também em: 

  • Instituto de pesquisa,
  • Empresas públicas de pesquisa e desenvolvimento,
  • Empresas privadas e microempresas sediados em Mato Grosso do Sul e que atuem em investigação científica, tecnológica e/ou em inovação.

Ou seja, com essas mentes doutoras concentradas nas chamadas Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) e Universidades sediadas em Mato Grosso do Sul (com grandes polos em Campo Grande e Dourados), a ideia é que essas bolsas de pesquisa - como previsto na resolução da antiga Semagro, que dispõe sobre as áreas prioritárias para o fomento à pesquisa no âmbito da Fundect -, auxiliem nas seguintes áreas: 

  • Agronegócio,
  • Bioeconomia,
  • Biotecnologia,
  • Cidades Inteligentes,
  • Energias Renováveis,
  • Biodiversidade,
  • Saúde Animal,
  • Saúde Humana,
  • Tecnologias Sociais e Assistivas,

Pacotão de R$ 22 milhões

Importante apontar que esse edital é parte do pacote de R$ 22 milhões, fruto de parceria com vários órgãos e instituições. 

Diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira apontou que a Fundação faz história em Mato Grosso do Sul pela série de investimentos em educação e pesquisa. 

"Estas chamadas vão fortalecer nosso sistema de ciência, tecnologia e inovação, e melhorar a qualificação dos nossos recursos humanos com bolsas de mestrado e doutorado. Mais uma vez a Fundação exerce o papel de trabalhar e fortalecer nossa ciência", expõe o diretor presidente em nota. 

Além dos R$ 6,3 milhões para projetos das ICTs e Universidades, a Fundect Lista: 

  1. R$ 1,2 milhão para bolsas de mestrado para estudantes do IFMS;
  2. R$ 5,4 milhões para projetos selecionados na Chamada CNPq n.º 09/2023;
  3. R$ 5 milhões em 600 bolsas de Iniciação Científica para estudantes de graduação;
  4.  R$ 4 milhões para apoiar atividades de pesquisa, ensino e inovação da UEMS, assim como;
  5. R$ 300 mil para projetos conjuntos de Pesquisa e Inovação entre o Brasil e a Comunidade Francesa da Bélgica.

Essa colaboração internacional citada se dá com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e Wallonie-Bruxelles International (WBI), que promove projetos conjuntos de Pesquisa e Inovação entre Mato Grosso do Sul e a Bélgica. 

Em apoio ao intercâmbio científico de diversas áreas, a iniciativa recebe as propostas pela plataforma Sistema Confap até o próximo 12 de julho. 

 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).