Empregos e Carreira

ampliação

A+ A-

Hospitais e ONGs empregam educador

Hospitais e ONGs empregam educador

Continue lendo...

O pedagogo vai sair da escola. Nos próximos anos, ele deve encontrar oportunidades de trabalho em ONGs, agências internacionais, hospitais e no setor de recursos humanos de empresas.

"O segmento do não escolar se amplia rapidamente", diz Roseli Fishmann, professora de pós-graduação da Faculdade de Educação da USP (Universidade de São Paulo) e coordenadora dos cursos de pós-graduação em educação da Umesp (Universidade Metodista de São Paulo).

Trabalhar fora da escola é condição permitida ao profissional desde 2006, respeitando resolução do CNE (Conselho Nacional de Educação).

Nesse contexto, está em alta a pedagogia hospitalar --atendimento a crianças que não podem ir ao colégio. "Isso se justifica pela ampliação desse setor desde a década de 1990", afirma Lucy Fernandes, coordenadora do curso de pedagogia do Centro Universitário São Camilo.

Educação inclusiva

Outros desafios para o novo professor convergem: a educação inclusiva e a voltada para a cidadania, que abrem portas em projetos humanitários de agências internacionais e ONGs.

"A escolha de trabalhar em projetos sociais, hospitais ou comunidades afastadas tem muito mais relação com a vocação do educador do que com uma busca por melhores salários", observa Fishmann.

A docente ainda aponta o ensino a distância como um campo promissor devido ao seu caráter democrático. "É uma área muito ligada às novas tecnologias", menciona.

No setor de recursos humanos das empresas, o professor terá espaço como psicopedagogo -responsável por mapear dificuldades de aprendizado de funcionários.

Na escola

Segundo educadores, a tarefa de professor no seu conceito mais clássico ainda é o que leva à opção por pedagogia.

A maior parte dos profissionais é absorvida pelo sistema público de educação, que oferece estabilidade e um plano de carreira. Na contramão, perde em salários, menores que os de escolas particulares.

Nos colégios privados considerados de excelência, um professor que tem três anos de experiência e fluência em língua estrangeira recebe, em média, R$ 6.000 mensais por 40 horas semanais. Sem experiência, mas com boa formação, incluindo uma especialização, a renda mensal alcança R$ 3.000.

EDITAIS PUBLICADOS

Concurso com 279 vagas para o Hospital Regional tem salários de até R$ 6,6 mil

Três editais foram publicados nesta sexta, com vagas para nível fundamental, médio e superior

26/01/2024 11h34

São 279 para diversos cargos no Hospital Regional Foto: Arquivo / Correio do Estado

Continue Lendo...

O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial desta sexta-feira (26), editais do concurso público com 279 vagas para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. 

O Executivo Estadual já havia antecipado que abriria o concurso, após o hospital suspender cirurgias eletivas devido à 11 funcionários serem afastados por Covid-19.

Nesta sexta, foram publicados três editais, sendo o primeiro com 119 para profissionais de serviços hospitalares, o segundo com 140 vagas para técnicos de serviços hospitalares e o terceiro com 20 vagas para auxiliares técnicos de serviços hospitalares.

Para profissional de serviços hospitalares, há as seguintes vagas:

  • Fonoaudiólogo – 5
  • Assistente Social – 5
  • Fisioterapeuta – 15
  • Psicólogo – 4
  • Farmacêutico – 10
  • Farmacêutico Bioquímico – 2
  • Biomédico – 2
  • Enfermeiro – 30
  • Engenheiro Clínico – 1
  • Nutricionista – 1
  • Médico – 44

O salário é de R$ 6.613,15 para médicos, sendo R$ 3.006,26 de salário e R$ 3.306,89 de adicional de função. Já para os demais cargos, a remuneração é de R$ 2.480,16 de salário e R$ 2.604,17 de adicional de função.

O segundo edital, para técnicos de serviços hospitalares, tem 140 vagas, sendo para:

  • Costureiro - 2
  • Agente de serviços hospitalares - 30
  • Agente condutor de veículos - 5,
  • Agente de Farmácia - 20
  • Técnico de Enfermagem - 52
  • Técnico de Laboratório - 9
  • Técnico de Radiologia - 22

Para estes cargos, o salário é de R$ 1.728,59, com adicional de função variando entre R$ 864,29 a R$ 1.642,16

Já o último edital é para Auxiliar Técnico de Serviços Hospitalares, com 20 vagas divididas da seguinte forma:

  • Auxiliar de Serviços Hospitalares – 10
  • Auxiliar de Lavanderia – 10

Salário é R$ 1.503,13 e adicional de função de R$ 751,57.

As inscrições começam no dia 5 de fevereiro e vão até 15 de março de 2024, devendo ser feita exclusivamente pela internet, no site do Insituto Selecon.

A taxa varia de R$ 72,16 a R$ 192,44, dependendo da área escolhida pelo candidato.

O concurso será composto de prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e prova de títulos.

A prova escrita será aplicada no dia 16 de abril.

Confira os editais completos no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira.

oportunidade

UFMS está com inscrições abertas em concurso com salário de até 9,1 mil

São 35 vagas para cargos de nível médio e superior

20/01/2024 14h31

Há vagas para Campo Grande e para o interior Arquivo/Correio do Estado

Continue Lendo...

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) está com inscrições abertas em concurso público de técnico-administrativo, com 35 vagas para nível e superior.

Os salários variam de R$ 2.667,19 a R$ 9.113,85, de acordo com o cargo. Todos oferecem auxílio-alimentação no valor de R$ 658 e possibilidade de acréscimo dos incentivos previstos no Plano de Carreira dos Cargos Técnico administrativos em Educação.

As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de fevereiro pelo site da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (Fapec)

O prazo para solicitar a isenção da taxa de inscrição já encerrou e quem deseja se inscrever deve pagar R$ 100.

As vagas são para Campo Grande, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.

Na Cidade Universitária, em Campo Grande, são 20 vagas para nível médio, sendo cinco para técnico em Contabilidade e 15 para técnico de Tecnologia da Informação.

Já em relação aos cargos de nível superior, são oito vagas para Técnico em Assuntos Educacionais na Cidade Universitária, uma no campus de Naviraí e uma em Ponta Porã.

Também há oportunidades para assistente social e médico veterinário em Paranaíba (CPar), para médico no campus de Três Lagoas e para médicos do trabalho e homeopata na Cidade Universitária.

As provas estão previstas para o dia 17 de março e serão aplicadas em Campo Grande.

A divulgação e homologação do resultado final está prevista para o dia 29 de abril.

O edital completo pode ser conferido no site da Fapec.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).