Clique aqui e veja as últimas notícias!

PRIVATIZAÇÃO

Governo federal espera arrecadar R$ 10 bilhões com leilões e concessões

Cerca de 200 mil empregos podem ser gerados com eventos desta semana
06/04/2021 14:51 - Agência Brasil


Em semana de leilões e concessões, a expectativa do governo é arrecadar R$10 bilhões. Em relação à geração de empregos, o que se espera é que, ao longo desses contratos, possam ser gerados cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos.

Na quarta-feira, dia 7, serão concedidos 22 aeroportos, em contratos de logo duração, com projetos de até 30 anos; o que deve representar mais de R$6 bilhões em investimentos. 

Eles serão divididos em três blocos por regiões - Sul, Norte I e Central.

Últimas notícias

Pela região sul, estão nove terminais: Curitiba, Bacacheri, Foz do Iguaçu e Londrina (PR), Navegantes e Joinville (SC), e Pelotas, Uruguaiana e Bagé (RS).

Na região Norte 1, os aeroportos das cidades de Manaus, Tabatinga e Tefé (AM), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), e Rio Branco e Cruzeiro do Sul (AC).

Para o bloco central, serão as cidades de Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís e Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE).

Na quinta-feira, dia 8,  será a vez do leilão do primeiro trecho de Integração Oeste-Leste, entre Ilhéus e Caetité, na Bahia. A concessão do trecho de 537 quilômetros deve garantir R$ 3,3 bilhões de investimentos, sendo R$ 1,6 bilhão para a conclusão das obras. O prazo de concessão será de 35 anos.

E cinco terminais portuários serão arrendados na próxima sexta-feira (9), com a previsão de R$600 milhões em melhorias: quatro no Porto de Itaqui, no Maranhão, e um no Porto de Pelotas, no Rio Grande do Sul. 

Lembrando que no Maranhão, os terminais são voltados ao armazenamento de granéis líquidos e em Pelotas, para carga em geral, em especial toras de madeira.

Assine o Correio do Estado