Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Águas Guariroba lucrou R$ 157 milhões em 2019, aumento de 6,3%

Inadimplência aumentou e consumo foi menor
21/02/2020 16:17 - Eduardo Miranda


A Águas Guariroba, concessionária do serviço de água e esgoto em Campo Grande lucrou R$ 157,6 milhões em 2019, aponta balanço da empresa divulgado nesta sexta-feira (21). A quantia é 6,5% maior que os R$ 148 milhões que a empresa, que pertence à holding Aegea lucrou em 2018.  

O aumento da receita operacional líquida da empresa foi ainda maior: 13,8%. Em 2019, R$ 543,7 milhões entraram para o caixa da empresa, enquanto no ano anterior, a receita foi de R$ 477,8 milhões.  

O aumento na receita e no lucro não necessariamente representou aumento no volume faturado dos serviços de água e esgoto. No ano passado, os clientes da água consumiram menos que em 2018. O volume faturado de água foi de 41,7 milhões de m³, quantia 20,7% inferior aos 52,6 milhões de m³ de 2018.  

Quanto ao volume de esgoto sanitário recolhido e tratado pela concessionária, houve redução de 19,2%: 35,6 milhões de m³ em 2018, contra 28,8 milhões de m³ no ano passado. 

 
 

INADIMPLÊNCIA MAIOR

A inadimplência dos clientes da Águas Guariroba no ano passado (4,7%) foi 3,7 pontos porcentuais maior que em 2018 (1%). Os dados que se referem a vazamentos: o índice das perdas de distribuição de água em 2019, caiu 0,9 ponto porcentual quando comparado com 2018. No ano passado, as perdas na rede foram de 19,4% do volume.  

A empresa lembrou que em 2019 aumentou a rede de esgoto em 63 quilômetros, tendo feito 5 mil novas ligações, e que investiu 11,7 milhões na ampliação da Estação de Tratamento de Efluentes do Jardim Los Angeles.  

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!