Clique aqui e veja as últimas notícias!

DESTAQUE

MS é o 6º Estado com o maior uso de aeronaves agrícolas no país

Atualmente o Estado conta com uma frota de 133 aeronaves
09/05/2021 11:07 - Thais Libni


Um levantamento realizado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag), aponta que Mato Grosso do Sul ocupa o 6º lugar de Estado que mais faz uso de aeronaves agrícolas. 

Segundo os dados, 133 aeronaves auxiliam no agronegócio do Estado atualmente, otimizando a produção de soja e milho, além de ter uma dos maiores rebanhos de cabeça de gado.

Últimas Notícias

A frota aeroagrícola brasileira entrou 2021 com 2.352 aeronaves, o que representa um crescimento de 3,16% no setor em 2020.

Os estados com maior número de aviões que prestam serviços aeroagrícolas são: Mato Grosso (550), Rio Grande do Sul (421), São Paulo (333), Goiás (299) e Paraná (147). Houve crescimento de 3,16% na frota de aviões agrícolas no país em 2020, com aumento da produção das commodities no campo.  

O balanço divulgado no final de março pelo Sindag realizado por meio das pesquisas  do ex-diretor da entidade e consultor Eduardo Cordeiro de Araújo aponta que 2020 terminou com 1.459 aeronaves agrícolas pertencendo a empresas que fazem o trato de lavouras para os produtores rurais – os chamados operadores de Serviço Aéreo Especializado (SAE). 

O número representa um incremento de 38 aparelhos durante o ano. 

Apesar do crescimento em 2021, o atual presidente do Sindag, Thiago Magalhães Silva faz uma ressalva uma ressalva para o ano de 2022: a questão tributária. 

“Tivemos em 12 de março a prorrogação do Convênio ICMS-100 – pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), válido até 31 de dezembro. Se não houver renovação no ano que vem, a alíquota de ICMS para aeronaves importadas, por exemplo em São Paulo, subirá de 4% para 18%, o mesmo valendo para peças.” O que, lembra ele, atinge também aviões de fabricação nacional, “que têm em torno de 80% de componentes importados”.

Assine o Correio do Estado