Economia
SAFRA

Colheita adiantada de milho em MS deve diminuir o risco de perdas para geadas

A produtividade estimada para a safra é de 78,13 sacas por hectare e a expectativa de produção é de 9,34 milhões de toneladas.

Judson Marinho

25/06/2022 13:50

 

A conheita do milho em Mato Grosso do Sul começou a ser realizada de forma precoce neste mês de junho, diferente do que foi no ano anterior, esta mudança deve evitar impactos causados pelas possíveis geadas prevista para julho.

Segundo a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS) a região norte do Estado está com este processo mais avançado, com média de 1,7% da safra colhida. No sul a média é 0,5%, e na região central apresenta 0,1%.

Se comparado com a safra de 2021, em um recorte até o dia 17 de junho,  a porcentagem de área colhida até o momento está 0,6 pontos percentuais acima. Os técnicos do projeto Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio de Mato Grosso do Sul (Siga/MS) estimam que a área colhida no estado até agora é de aproximadamente 11.900 hectares.

Em pesquisa realizada pela Aprosoja, no inicio deste mês de junho, foi constatado que as lavouras que apresentam boas condições correspondem a 82,2%, enquanto aquelas em condições regulares somam 11,6%, e as consideradas em condições ruins representam 6,2%.