Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CRESCIMENTO

Mato Grosso do Sul se mantém como maior exportador de tilápias no segundo trimestre do ano

Exportações cresceram 33% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2019
19/08/2020 07:51 - Gabrielle Tavares


Mato Grosso do Sul se mantém como o maior exportador de tilápias no país no segundo trimestre de 2020, sendo responsável por 84,84% das vendas externas do produto.

Os dados constam em levantamento da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) em parceria com a Embrapa Pesca e Aquicultura.  

A pesquisa ainda aponta que os embarques totais da proteína cresceram 33% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2019.  

Nos dois primeiros trimestres de 2020, Mato Grosso do Sul exportou 486 toneladas de tilápia, num total de US$ 2,73 milhões, de acordo com Nota Técnica elaborada pela Secretaria de Meio Ambiente Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Em termos de valores exportados, houve variação trimestral. De janeiro a março deste ano foram US$ 1,866 milhões, frente a US$ 872,8 mil de abril a junho, queda de 53,24%.  

Mesmo assim, a produção sul-mato-grossense se manteve na liderança das vendas externas dessa proteína, representando 84,84% do total de tilápia exportada pelo país no segundo trimestre deste ano.

 
 

Os principais destinos das exportações foram os Estados Unidos e o Canadá nos dois primeiros trimestres de 2020. De abril a junho, o mercado norte-americano foi o destino principal de 171,84 toneladas.

“Neste ano, a pandemia teve um impacto significativo na retração das exportações no segundo trimestre por conta da logística prejudicada, mas o setor estabeleceu protocolo de biossegurança, fez investimentos para modernizar e manter sua produção”, comenta o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!