Economia
BIOCOMBUSTÍVEL

Primeira usina de etanol de milho de MS gera 600 empregos em Dourados

Município deve gerar cerca de 400 milhões de litros de biocombustível ao ano

Léo Ribeiro

04/04/2022 09:45

Com a Licença de Operação concedida no último dia 30 de março, entra em operação na próxima semana a primeira indústria de etanol de milho de Mato Grosso do Sul, gerando cerca de 600 vagas de emprego em Dourados.  

Biocombustível de alto rendimento, enquanto uma tonelada de cana produz entre 70 a 85 litros de etanol hidratado, o mesmo peso em milho pode produzir  entre 370 a 460 litros deste mesmo álcool, dependendo do teor de amido.  

Dados da Inpasa Agroindustrial apontam que, nessa primeira fase haverá uma produção de aproximadamente 400 milhões de litros de etanol ano, projeção essa que deve dobrar já a partir de julho, na segunda fase do projeto.  

“A planta de Dourados vem para contribuir e transformar o Mato Grosso do Sul, em especial a cidade de Dourados, em um grande polo de biocombustíveis e de bioeletricidade”, afirma o vice-presidente da Inpasa Brasil, Rafael Ranzolin.