Economia
COMÉRCIO

Câmara aprova mudanças na venda de óculos solares no Camelódromo de Campo Grande

Agora não é necessário a presença de um optometrista para que os locais possam vender os produtos

Ketlen Gomes

12/05/2022 17:54

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou nessa quinta-feira (12) em regime de urgência, o projeto de lei complementar 818/22, que muda a norma que regulamenta a venda de óculos de sol no camelódromo. 

Agora, não será mais necessária a assinatura de um optometrista para a venda dos produtos. A mudança foi um dos pedidos realizados pelos comerciantes, através do presidente da associação dos comerciantes, Narciso Soares dos Santos, que esteve nessa quarta-feira (11), em uma reunião na Casa Legislativa, para tratar sobre o assunto. 

Os permissionários pediram também a alteração da parte da lei que exige que os estabelecimentos que vendem óculos devem ter uma área mínima de 10 m². “Nenhum quiosque lá no shopping que vende produtos ópticos, na feira central, no mercadão, no camelódromo, nenhum se enquadrava nessa lei, então essa lei impedia as pessoas de se regular e trabalhar dentro da lei”, informa Narciso.