Economia
NA BOMBA

Consumidor fica satisfeito com gasolina a R$ 6,19 e pede para "baixar mais"

No centro de Campo Grande o preço varia até R$ 0,11 de diferença entre os locais de abastecimento

Alessandra Messias

04/07/2022 17:00

 

Depois que o governador Reinaldo Azambuja reduziu a pauta fiscal da gasolina no dia 1º de julho, hoje (4) solicitou a população que fiscalize os postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul, o Correio do Estado foi ao centro conferir o preço.  

E notou que nos últimos seis dias, a gasolina comum baixou de R$ 6,59 para R$ 6,19, em média no preço praticado pelos donos dos estabelecimentos comerciais.  

O valor mais barato que a reportagem apurou foi de gasolina comum e aditivada a R$ 6,18 no posto Shiraishi, localizado na rua Rui Barbosa esquina com a rua Dom Aquino, e o valor do etanol também atingiu R$ 4,44. O diesel está sendo comercializado a R$ 7,19.

Localizado na Afonso Pena ao lado do Camelódromo, o posto Bertozzi comercializa gasolina comum a R$ 6,19 e aditivada a R$ 6,44. O etanol é vendido a R$ 4,45 e o diesel a R$ 7,39.

O posto Taurus na rua 26 de Agosto esquina com a Avenida Calógeras vende a gasolina comum a R$ 6,19 e o concorrente posto Ipiranga atravessando a rua a R$ 6,29.  

A cabelereira, Bruna Fernandes, que trabalha no Shopping Campo Grande afirmou que gastava em média R$ 1500 de gasolina por mês e agora pretende desembolsar entre R$ 700 e R$ 800 com o combustível.  

"Estou muito feliz com a redução do valor, mas devia baixar mais um pouquinho. Eu gastava muito, pois morava no Centenário, agora vou mudar para o Guanandi e creio que a redução vai ser bem maior", explicou a cabelereira.