ESPORTES

Vasco enfrenta o América em busca de nova vitória

Vasco enfrenta o América em busca de nova vitória
20/01/2010 04:43 -


Vasco e América se enfrentam hoje, às 20h50min (MS), no Engenhão, pelo segunda rodada da Taça Guanabara, correspondente ao primeiro turno do Campeonato Carioca. Os dois times pertencem ao Grupo B. A equipe de São Januário vem de uma vitória apertada diante do Tigres na sua estreia na competição. Já o América decepcionou e foi derrotado pelo Madureira em Conselheiro Galvão, resultado que contrariou as expectativas em torno do time montado pela dupla Romário e Bebeto. No Vasco, o técnico Vagner Mancini tem algumas dúvidas para definir o companheiro de Dodô no ataque, já que Rodrigo Pimpão foi expulso. No treinamento, ele experimentou Caíque e depois testou outra formação, com Carlos Alberto mais adiantado e Philippe Coutinho entrando no meio-de-campo. No América, o técnico Bebeto garantiu que a derrota para o Madureira na estreia não abalou o entusiasmo da equipe, que está disposta a fazer uma grande exibição diante do Vasco. Para o treinador, o seu time deve tirar proveito da falta de entrosamento do adversário, que está sendo montado durante a competição com a chegada de um novo técnico e de vários jogadores. Para a partida contra o Gigante da Colina, Bebeto espera poder contar com o atacante Daniel Morais e os meias Valéncia e Jones Carioca, que não haviam sido regularizados
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".