Clique aqui e veja as últimas notícias!

FINANÇAS

Os cinco erros mais comuns dos brasileiros que decidem economizar dinheiro

Doutor em economia aponta o que pode levar a iniciativa promissora ao fracasso
29/01/2021 06:00 - Ricardo Campos Jr

Economizar e guardar dinheiro são atitudes que estão na lista de muitos brasileiros para 2020, mas na prática a iniciativa pode acabar dando errado. Isso acontece porque a tarefa em si é simples, mas cometem-se falhas que a levam à bancarrota. Como fazer isso do jeito certo, seguro e até mesmo rentável?

Quem responde a esta pergunta é o doutor em economia Mateus Abrita, professor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Ele elencou os cinco erros mais comuns de quem decide economizar.

NÃO GUARDE O QUE SOBRA

Um dos problemas mais frequentes é a falta de um planejamento do orçamento doméstico. Abrita afirma que o ideal é estipular percentuais de gastos para todas as necessidades, inclusive o que será utilizado para poupar e investir.

Não são raras as vezes em que as pessoas fazem justamente ao contrário. Organizam as finanças, mas só guardam o que resta na hora de subtrair as receitas pelas despesas. Se o resultado é zero, a reserva fica para o mês seguinte e quando param para pensar, acabam economizando pouco ou até mesmo nada.  

“Ao deixar tudo muito abstrato na mente as pessoas tendem a cometer muitos erros de compras por impulso e compras de itens supérfluos. Então é fundamental ter tudo por escrito seja no papel, planilha eletrônica ou aplicativo de finanças”, afirma o doutor em economia. 

EVITE A POUPANÇA

Durante muito tempo, essa modalidade de guardar dinheiro foi a “queridinha” dos brasileiros. Contudo, hoje é vista como o pior investimento possível, já que com os juros baixos, ela vai render pouco.

“Aliás, atualmente não cobre nem a perda do poder de compra advinda da inflação.  Então, uma coisa é você ter um percentual da sua carteira na caderneta de poupança, mas um erro seria colocar todas suas fichas apenas nessa modalidade”, afirma Abrita.

Ainda não acabou... Faça login ou cadastre-se para continuar lendo essa notícia gratuitamente

Receba acesso também a outras notícias exclusivas. É rapidinho e não pediremos seu cartão de crédito :)

Quero Me Cadastrar

Já tem cadastro? Faça login clicando aqui