Clique aqui e veja as últimas notícias!

PESQUISA

Preços dos ovos de Páscoa variam mais de 100%

Mesmo produto vai de R$ 29,90 a R$ 59,99 entre estabelecimentos comerciais
06/04/2020 18:15 - Súzan Benites


Pesquisa aponta que a variação entre os produtos de chocolate, tradicionalmente consumidos nessa época do ano, pode ser de mais de 100% entre estabelecimentos.  Conforme levantamento realizado pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), o ovo de Páscoa Alpino de 337g é encontrado por R$ 59,99 em um comércio e por R$ 29,90 em outra empresa, diferença de  100,64%. 

Outro que apresentou variação elevada foi o ovo Arcor Lucas Neto de  100g, que é comercializado por R$ 49,99 em uma rede de supermercados e por R$ 26,98 em outra, variação de 85,29%. O ovo Arcor Authentic Games de 100g  foi de R$ 39,99 a R$ 70,45, variação de 76% entre os locais.

Ainda entre os ovos de chocolate que variaram bastante, o Kit Kat branco de 227g apresentou diferença de 62,04%, foi de R$ 26,90 a R$ 42,99. Já o que apresentou a menor diferença entre os locais foi o ovo Kinder Liga da Justiça de 100g, que variou 6,17% indo de R$ 49,90 a R$ 52,98.

O levantamento foi realizada de 23 a 27 de março, envolvendo 127 produtos em  sete estabelecimentos comerciais. Do total verificado, a pesquisa  divulga 81 itens uma vez que os restantes  não foram encontrados em, pelo menos  três dos locais onde ocorreu a verificação.

Foram aferidos valores em sete  estabelecimentos, o maior número de produtos mais baratos foi encontrado em um supermercado atacadista, enquanto numa loja que vende de salgadinhos a eletroeletrônicos, foi encontrada a maior quantidade de preços elevados. 

“A realização da pesquisa visa orientar o consumidor a realizar suas compras gastando menos.  Produtos tradicionais costumam apresentar diferenças  nos preços de estabelecimento para estabelecimento e, por isso,  aconselhamos pesquisar”, afirma o superintendente Marcelo Salomão.

No comparativo anual, ficou constatada a redução de valores para a venda  em 12 itens tendo o maior índice alcançado 27,51% que é o caso do ovo Talento meio amargo com 350 g que no ano passado custava R$ 53,49 e neste ano passou a R$ 41,95.

INTENÇÃO

Levantamento de intenção de compras para o período de Páscoa, aponta que o sul-mato-grossense pretende gastar R$ 136,08 milhões este ano, uma queda de 25% em relação ao ano passado. Conforme a pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio (IPF-MS) e Sebrae MS, a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) contribuiu para essa queda no percentual.  

O montante leva em conta a compra de ovos de páscoa e bombons, viagens, gastos com alimentação e bebidas e outras comemorações relacionadas ao período. A intenção de gastos com chocolates e artigos pascais é de R$ 95,47 milhões , queda de 10% em relação ao ano passado, e as despesas com comemorações são estimadas em R$ 40,61 milhões (queda de 47%). 

O valor médio que será gasto com artigos pascais será de R$ 112,76, número 14% menor que em 2019. A pesquisa mostra ainda que os homens estão propensos a gastar mais do que as mulheres, este ano. A pesquisa também detectou que 46% das pessoas comprariam ovo da Páscoa, independentemente do aumento do preço. Esse índice é 10% maior do que o apresentado no ano passado. 

Outro dado que sugere estar em evidência por causa da crise com o Covid-19 é que 47% afirmam que pretendem não procurar os artigos em lojas físicas.