Clique aqui e veja as últimas notícias!

DINHEIRO

Pandemia inflou a classe média: confira os impactos em Mato Grosso do Sul

FGV fez estudo mostrando que auxílio emergencial tirou cidadãos da linha da pobreza
12/10/2020 06:00 - Ricardo Campos Jr

Medidas como a concessão do auxílio emergencial e programas para geração de empregos durante a Pandemia da Covid-19 beneficiaram famílias de baixa renda. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) estima que houve queda de 31,56% nos índices de pobreza em Mato Grosso do Sul entre 2019 e julho deste ano, terceira maior redução registrada no país. O Estado ficou atrás apenas do Tocantins (-36,08%) e Pernambuco (-32,45%). 

O levantamento foi realizado com base em dados factuais coletados durante a pandemia e leva em consideração famílias que vivem com a até meio salário mínimo. 

No último ano, calcula-se que o montante de pessoas com essa faixa de renda tenha despencado 15 milhões em todo o país, o que corresponde à redução de 23,7%. Esse porcentual chega a ser maior em comparação com períodos de boom social, como os meses após o Plano Real, graças principalmente às cinco parcelas de R$ 600 e outras quatro de R$ 300. De todas as ações do poder público, esta foi que trouxe melhores resultados.

Contudo, como a ajuda do Governo Federal não abrangeu pessoas com altos ganhos, as classes mais altas perderam 4,8 milhões de pessoas em plena pandemia. Com mais pobres cruzando a linha da miséria e mais ricos descendo a escala social, a classe média, que contou com 21,5 milhões de cidadãos em razão do novo coronavírus.

Em Mato Grosso do Sul, houve redução de 19,14% entre a população que recebe mais de quatro salários mínimos e de 14,15% no grupo que recebe de dois até quatro salários mínimos. Em contrapartida, a parcela que ganha de um a dois salários mínimos elevou em 16,45%.

Ainda não acabou... Faça login ou cadastre-se para continuar lendo essa notícia gratuitamente

Receba acesso também a outras notícias exclusivas. É rapidinho e não pediremos seu cartão de crédito :)

Quero Me Cadastrar

Já tem cadastro? Faça login clicando aqui