Clique aqui e veja as últimas notícias!

DIFICULDADE EM CONSEGUIR EMPREGO

Mais de 6 mil pessoas com mais de 50 anos conseguem emprego em Mato Grosso do Sul em 2020

Neste ano, mais de 30 municípios do Estado empregou a população de maior idade
11/12/2020 13:14 - Naiara Camargo


Embora tenha sido um ano atípico, cidadãos entre 50 e 60 anos conquistaram um emprego em 2020 por meio da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab).

Em 33 agências públicas de emprego, 6.182 pessoas com mais de 50 anos conseguiram uma vaga de trabalho no Estado.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

“Nosso trabalho é fazer a ponte entre as empresas e os trabalhadores, as pessoas com mais idade têm vários pontos positivos, dentre eles a experiência e o comprometimento”, afirmou Jorge Luiz, psicólogo da Funtrab.

Campo Grande registrou 2.514 pessoas de mais idade com uma nova ocupação; Corumbá 57; Três Lagoas 511; Dourados 1.123; Ribas do Rio Pardo 11; Coxim 14 e Eldorado 27.

Batayporã 46; Rio Verde 38; Itaquiraí 45; Guia Lopes da laguna 23; Amambai 21; Chapadão do Sul 3; Iguatemi 117; Sidrolândia 105 e Cassilândia 27.

Aparecida do Taboado 65; Rio Brilhante 81; Naviraí 144; Miranda 69; Maracaju 59; Nova Alvorada do Sul 55; Ivinhema 73; Bataguassu 13 e Caarapó 51.

Paranaíba 16; Costa Rica 38; São Gabriel do Oeste 86; Jardim 98; Ponta Porã 259; Sonora 31; Nova Andradina 191 e Aquidauana 151.

A dificuldade em conseguir emprego na terceira idade

De acordo com o estudo Envelhecimento da Força de Trabalho no Brasil, feito pela consultoria PWC e a Fundação Getúlio Vargas, apenas 1% dos cargos em mais de uma centena de empresas no Brasil são ocupados por pessoas com mais de 65 anos.

Isso acontece porque muitas empresas acreditam que idosos não são mais tão eficientes, são mais caros, têm dificuldade em acompanhar os desenvolvimentos tecnológicos e não se adaptam bem as mudanças.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida dos brasileiros em 2019 foi estimada em 76,6 anos. 

No Estado, a expectativa de vida segue a média nacional com 76,3 anos.