Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

COVID

Pnad Covid aponta informalidade em nível estável em Mato Grosso do Sul

Quantidade de informais no estado é quase a mesma observada em agosto e um pouco maior que a de maio
23/10/2020 15:45 - Da Redação


Informalidade permanece estável no mês de setembro em Mato grosso do Sul. É o que diz a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Covid) conduzida pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o resultado, MS tem cerca de 393 mil pessoas nessa situação no mês de setembro, aumento de 3,3% em relação a maio, que foram observados 387 mil nesse regime. 

Isso é praticamente e o mesmo número de agosto, quando a amostra registrou 392 mil informais.

O proxy, que é o percentual de pessoas ocupadas como trabalhadores informais em relação ao total de pessoas ocupadas, isto é, trabalhadores informais/pessoas ocupadas x 100, das pessoas com 14 anos ou mais de idade no estado ficou em 32,2% (em maio era 32,7% e agosto 32,6%).

Isso representa a sétima menor porcentagem em termos das Unidades de Federação e a segunda posição da região Centro-Oeste.

Já no Brasil, o contingente de trabalhadores informais ficou em 28,3 milhões de pessoas em setembro, ou 34,2% do total de ocupados.

Isto representa aumento de 1,7% na quantidade de informais em relação a agosto e um aumento de 0,3 pontos percentuais na taxa de informalidade.

 
 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!