Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Prefeitura autoriza reabertura de bancos e cooperativas de crédito

Instituições vão abrir nesta terça com restrições
30/03/2020 17:57 - Adriel Mattos, Fábio Oruê


O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), autorizou a reabertura de agências bancárias, cooperativas de créditos e correspondentes bancários a partir desta terça-feira (31). O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da Capital (Diogrande) nesta segunda-feira (30).

Desde 20 de março, esses estabelecimentos estavam fechados a fim de evitar aglomeração e eventual contágio da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. “Todos vão disciplinar o atendimento para não ter aglomeração e priorizar quem recebe algum benefício”, destacou o prefeito Marcos Trad (PSD) durante vídeo transmitido ao vivo na rede social Facebook.

O atendimento fica restrito para clientes que necessitam realizar pagamento ou saque, créditos emergenciais ou renegociações urgentes. Empregados que estão no grupo de risco (idosos, hipertensos, diabéticos, gestantes e imunodeprimidos) deverão ser afastados, sem prejuízo em relação a salários. Trabalhadores dos setores administrativos devem executar suas atividades em casa.

Quanto ao restante da equipe, fica sob responsabilidade da instituição providenciar transporte próprio até a agência, limitando a lotação a 50% da capacidade. Na agência, devem ser observadas medidas sanitárias e de circulação. O uso de máscara é obrigatório para todos os funcionários.

Fica obrigado o controle do acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, o controle da área externa do estabelecimento, além de serem organizadas as filas de modo que que seja mantida a distância mínima de 1,5m entre cada pessoa. Antes, os clientes devem higienizar as mãos com álcool em gel 70% ou outras soluções sanitizantes.

A lotação do saguão fica limitada ao número de atendentes, com um deles controlando o fluxo na porta, direcionando um cliente por vez. Pessoas que não tem atividades consideradas não essenciais devem ser orientados a fazer por telefone ou pela internet.

Como já ocorre, idosos, hipertensos, diabéticos e gestantes devem ter prioridades no atendimento. Após o atendimento, os funcionários devem higienizar as mãos, inclusive após uso do banheiro e entrar em contato com superfícies de uso comum como balcões, corrimão, teclados de caixas, etc.

Todos os ambientes devem estar sempre ventilados - incluindo refeitório e sala de descanso de funcionários, se existir - e limpos com desinfetantes, bem como superfícies expostas como maçanetas, mesas, teclado, mouse, materiais de escritório, balcões, corrimões, interruptores, elevadores, balanças, banheiros, lavatórios, entre outros, com álcool 70%. Também devem ser higienizados com álcool 70% os caixas eletrônicos, ou com soluções antissépticas, após cada uso.  

 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.