Economia
PREMIAÇÃO

Prêmio nacional estimula conexões entre Chapadão do Sul e MS

Empreendedorismo local possibilita desenvolvimento econômico e político da região

Alison Silva

01/07/2022 17:43

 

O empreendedorismo do setor produtivo de Chapadão do Sul venceu dois prêmios nacionais no “XI Prêmio Sebrae”. João Carlos Krug,  (PSDB), foi anunciado como prefeito empreendedor, na terça-feira (28), em Brasília. O município administrado pelo tucano foi tido como referência na iniciativa de implementar novos negócios .

Nesta sexta-feira (1º), Krug esteve em Campo Grande junto com Tito Estanqueiro, diretor operacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Mato Grosso do Sul para falar sobre o prêmio e prospectar o desenvolvimento econômico e político do estado.

O município localizado a 330 km de Campo Grande foi premiado nas categorias  - “Desburocratização” e “Cidade Empreendedora Região Centro-Oeste”.

Premiação

Vencedor da categoria “Cidade Empreendedora região Centro Oeste”, o projeto “Polo de Desenvolvimento e Inovação” foi proposto para transformar o município em um polo de desenvolvimento na região, que e conta sobretudo com o fomento do empreendedorismo local.

Entre as ações realizadas no município estão o departamento de inovação, e sala do empreendedor, 100% digitalizada que beneficiou ao menos 4 mil negócios.

Outra iniciativa desenvolvida foi a pasta digital do Microempreendedor Individual (MEI), que viabilizou projetos de 1,7 mil pessoas. Conforme a administração local, a digitalização dos documentos facilita os processos burocráticos, e já atendeu mais de 26 mil pessoas.

”Por muitas vezes estou em viagens e consigo acelerar a administração local, uma vez que as assinaturas e acordos são assinados de forma muito mais ágil”, disse João Krug ao Correio do Estado.

De acordo com o prefeito, atualmente, 86% das compras públicas feitas pela prefeitura já são realizadas dentro do município.

Cidade digital simplificada – o projeto vencedor na categoria “Desburocratização”  visa atrair novos empreendimentos ao município. O plano de desburocratização já beneficiou 4.123 empresas, além de favorecer a abertura de novos empreendimentos. No total, foram instaladas 913 novas empresas no município.

De acordo com o prefeito, só em 2021,  o município economizou R$ 230 mil apenas com papel e tonner (tinta para impressão).  “O projeto é desenvolvido em cima das atividades do nosso dia a dia. Com a participação da comunidade, da associação comercial, dos empresários que para mudarmos o futuro temos de mudar as ações, com trabalhos para preparar a cidade e o mundo”, pontuou Krug.

Em 2019 o município foi premiado e levou a conquista em "Políticas Públicas para desenvolvimento de pequenos negócios". 

Nesta linha, de acordo com Tito Estanqueiro, diretor operacional do Sebrae-MS, o intuito da pasta é fomentar regionalmente os projetos. "Temos que pensar dentro das demandas para auxiliar na prefeitura, o desenvolvimento”, destacou.